Livre

Servidor estadual da Educação em Rondônia realiza sonho de criança ao conquistar profissão com 41 anos de idade

Segunda-Feira, 12 de Outubro de 2020 - 10:00
Hoje, o professor Auricélio tem 47 anos, graduou-se em Educação Física em 2017, batalhando muito para conquistar o tão sonhado diploma e emprego na área da educação, que tanto almejava desde a época de criança.

A criança sonha em ser um professor ao se espelhar em um profissional da educação dedicado, amoroso com os seus alunos, a fim de resgatar os valores dentro da sala. Esses foram os motivos que levaram o professor de Educação Física Auricélio Serra da Silva, do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos Padre Moretti, escolher a profissão que sempre admirou e acreditou em seu sonho, se tornando realidade quando tinha 41 anos de idade.


O professor de Educação Física Auricélio Serra da Silva acreditou e batalhou para realizar o sonho de ser educador

Hoje, o professor Auricélio tem 47 anos, graduou-se em Educação Física em 2017, batalhando muito para conquistar o tão sonhado diploma e emprego na área da educação, que tanto almejava desde a época de criança. “Me tornei adulto, casei cedo e deixei o meu sonho de lado um pouco. Já com a idade avançada terminei o ensino Médio e percebi que faltava alguma coisa. Fui em busca de conhecimento, sempre com muito esforço, antes de concluir a faculdade trabalhava em uma empresa de segurança para pagar os estudos e conseguir realizar o meu sonho de ser professor de Educação Física, sempre batalhando”, conta.

Auricélio não se contentou somente com uma faculdade, e com o apoio da esposa e das três filhas fez Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em 2015, ganhou uma bolsa integral de pedagogia e concluiu a segunda graduação em 2019, por amar a área da docência. Para elevar o nível de conhecimento na área que atua, realizou pós-graduação em Educação Infantil e atualmente faz outra pós-graduação para a Educação de Jovens e Adultos.

“Eu tenho muito a conquistar ainda, atualmente trabalho no Governo do Estado com contrato emergencial e estou estudando para passar em um concurso público. Precisamos buscar todos os dias a qualificação e a vida de professor precisa estar atualizada todo o tempo. O conhecimento é tudo e não irei parar por aí, vou atrás do meu sonho que é passar em um concurso público”.

Antes de trabalhar no Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos Padre Moretti, onde atua há um ano, o professor Auricélio Serra conta que trabalhou como cuidador de alunos com necessidades especiais na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Jesus Burlamaqui Hosannah. “Foi uma experiência incrível. Precisa ter empatia e resiliência e foi isso que me fez ter a certeza que queria isso para minha vida e me fez aprofundar ainda mais na profissão. A criança quer isso, um profissional que transmita uma educação voltada a todos os sentidos”, afirma o professor.

Vendo o esforço do pai e a dedicação, a filha de Auricélio, Beatriz Daiane Serra Paiva segue os mesmos passos para graduar-se, no final de 2020, em pedagogia. “É gratificante quando conseguimos repassar valores sobre essa busca de conhecimento para os nossos filhos. A minha segunda filha se espelhou, vendo meu exemplo, que queria também ser professora e trabalhar na área da educação. Eu tenho muito orgulho disso, porque ela viu que consegue, com muito esforço e que nunca é tarde para conquistar nossos objetivos”, relata o professor.

Para finalizar, Auricélio deixa uma mensagem de incentivo. “Nunca achar que é tarde para escolher uma profissão, seja qual for a qualificação, independente da idade. Aqueles que querem vencer na vida precisam ter persistência e não desistir. A persistência, com muita dedicação e fé, a gente consegue tudo”.

Fonte - News Rondônia

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.