10 anos

Durante operação da Polícia Civil e Militar, taxista que levava armas e munições para bando em fazenda é preso

Foi através de mandado de prisão que os policiais prenderam o suspeito em Jaci-Paraná
Sabado, 10 de Outubro de 2020 - 12:18

O taxista de Jaci-Paraná Luciano P. S. é o primeiro a ser preso durante a operação da Polícia Civil e militar na região da fazenda onde dois policiais militares foram mortos por bandidos envolvidos com camponeses próximos ao distrito de Nova Mutum em Porto Velho.

Luciano era responsável por levar armas e munições para a fazenda onde se esconde um grupo criminoso que executou um tenente e um sargento da polícia Militar. Foi através de mandado de prisão que os policiais prenderam o suspeito em Jaci-Paraná no final da manhã deste sábado (10).

Veja também:
Corpos de PMs mortos após ataque em fazenda em Rondônia são velados na capital

Tenente da Policia Militar é morto com tiro na nuca por sem terras na região de Jaci-Paraná

MAIS UM: Outro tenente é baledo no distrito de Jaci-Paraná; Vítma foi encaminhada para o Hospital JPII

Fonte - News Rondônia

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.