10 anos

Vídeo: PM fardado é flagrado agredindo mulher em plena luz do dia

Até a publicação deste texto, a Polícia Militar do Amazonas ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.
Quinta-Feira, 08 de Outubro de 2020 - 18:25

Em Manaus, policial militar fardado é flagrado batendo no rosto de mulher em plena luz do dia. A vítima, que é estudante de jornalismo, está extremamente abalada e autorizou a divulgação do vídeo mesmo com medo de represálias.

A jovem Rhyvia Araújo, de 18 anos, foi vítima de um ato covarde cometido por alguém que deveria estar servindo e protegendo a vida da população.

A estudante de jornalismo levou um soco no rosto de um policial militar em plena luz do dia, em uma praça pública no centro de Manaus, capital do Amazonas. O crime aconteceu na última terça-feira (6) e foi registrado em vídeo. O agressor não sabia que estava sendo filmado.

Rhyvia Araújo faz parte da equipe de redação do portal ‘Rap Forte’ e, de acordo com uma matéria publicada no site, ela está extremamente abalada com o ocorrido e tem medo de represálias por parte da polícia.

A jovem informou que o policial a agrediu por acreditar que estava sendo filmado em uma abordagem anterior.

“O que aconteceu foi o seguinte: era de tarde e eu estava saindo do meu trabalho e fui descansar na praça. Lá, estava acontecendo uma abordagem há uma distância grande de onde eu me encontrava, então imaginei que não seria incomodada. Eu estava mexendo no meu celular, quando um deles viu, se aproximou de mim e perguntou “e aí bonitinha, tá filmando o que aí?”. Eu falei que não tinha nenhuma gravação, mas que mesmo assim ele poderia olhar e ele pegou”, contou a jovem.

“Quando eu falei que eu queria o meu celular de volta, ele olhou e pegou no meu braço tentando quebrar ele. O policial chamou o outro e afirmou que eu estava filmando — mas eu não havia filmado nada — e ele falou ‘ela tem que ir com a gente na delegacia’. Foi quando eu disse que não iria e ele, furioso, me chamou de puta e desferiu um tapa no meu rosto. Ele só foi embora porque percebeu que tinha gente gravando”, acrescentou.

O portal ‘Rap Forte’ repudiou o ato. “A nossa colaboradora espera que através desse fato lamentável possamos dar maior visibilidade para o incontável número de mulheres que passam por situação parecida, seja em casa por meio de seus companheiros, ou até mesmo gratuitamente na rua”, diz reportagem do site.

“A nossa colaboradora espera que através desse fato lamentável possamos dar maior visibilidade para o incontável número de mulheres que passam por situação parecida, seja em casa por meio de seus companheiros, ou até mesmo gratuitamente na rua”, diz a reportagem do portal.

A menina que fez a gravação, por sua vez, informou que foi perseguida pelo agressor após ele se dar conta de que ela havia registrado o ato covarde. “O policial apertou meu braço e tentou me forçar a deletar o vídeo, na frente de todas as pessoas que estavam no local”.

Nas redes sociais, as imagens já repercutem. “Policial covarde, bandido. O celular em muitas das vezes é o único instrumento que o cidadão encontra para se defender em casos como esse”, publicou um internauta.

Até a publicação deste texto, a Polícia Militar do Amazonas ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso. A Secretaria de Segurança do estado também não se manifestou.

Vídeo:

<
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Acabei de registrar, a polícia militar em uma ação covarde, agredindo uma mulher desarmada. Eu corri a rua Ramos Ferreira tentando buscar refúgio, fui perseguida e intimidada (o policial apertou meu braço e tentou me forçar a deletar o vídeo, na frente de todas as pessoas que estavam no mercadinho) pelos dois policiais que estavam praticando tamanha truculência contra uma mulher. Aqui fica a minha mais profunda repulsa, NOSSO PAÍS BATE RECORDE EM TRANSFOBIA E FEMINICIDIO. C O V A R D E S ! (Compartilhem, eu não conseguir falar com a vitima, conheço advogados que podem se disponibilizar) #feminicidio #corregedoria abusodepoder #violenciacontramulher

Uma publicação compartilhada por P A R I S A M A Z O N A (@parislleal) em

Fonte - https://www.pragmatismopolitico.com.br/

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.