Livre

Erros de digitação transformam candidatos em 'bilionários'; entenda

Um dos bilionários por acaso é a candidata Adriana de Rondônia (Avante), que luta por uma das vagas na Câmara de Vereadores de Ariquemes (RO).
Segunda-Feira, 05 de Outubro de 2020 - 14:24

Ao total, 11 candidatos declararam ter bens superiores da R$ 1 bilhão nesta eleição. Mas, segundo o G1, apenas um desses é bilionário de verdade. O que explica a discrepância nos valores são erros de preenchimento.

Um dos bilionários por acaso é a candidata Adriana de Rondônia (Avante), que luta por uma das vagas na Câmara de Vereadores de Ariquemes (RO). Ela declarou apenas um bem, uma participação societária, cujo valor nem chega perto aos R$ 1,5 bi que constam em sua declaração.

Para efeito de comparação, em 2016 o PIB de Ariquemes, cidade onde ela é candidata, foi de R$ 2 bilhões, segundo o IBGE.

Neuza Confecções, candidata em Santarém (PA), também passa longe de ter tal fortuna. A casa que ela declarou, na Rodovia Fernando Guilhon, não vale R$ 1 bilhão. Segundo o G1, o partido diz que o departamento jurídico já fez uma solicitação à Justiça Eleitoral para que seja feita a correção.

Já no caso de Eugenio da Rapadura (Avante), candidato a vereador em Paracatu (MG), o erro foi causado pela advogada. "Ela chegou a chorar quando soube. Eu fiquei com dó.” Ele diz que já foi pedida a correção. Sua Fazenda Indaiá, pois, não vale R$ 1,5 bilhão.

Único dos moicanos

Apenas um candidato nas eleições de 2020 é podre de rico. João (PSC) é candidato a prefeito na cidade de Pontal, no Paraná.

Ele tem R$ 1,5 bilhão em bens. Entre eles estão ações de diversos segmentos (Carrefour, Vale do Rio Doce, Multiplan, Lojas Americanas, Sabesp, Gerdau, Cemig, Petrobras), contas em vários bancos e diversos fundos de investimento. Ele declara ainda ter R$ 4,2 milhões em obras de arte e um Land Rover de R$ 399 mil. Há outros veículos (entre eles um BMW ano 1969), uma embarcação, imóveis e empresas (inclusive no exterior) e terrenos também. São, ao todo, 48 itens listados.

Já o clube dos milionários possui mais membros. 13 mil, para ser mais exato, o que equivale a 2% dos candidatos. A maioria dos postulantes, no entanto, declarou ter patrimônio zerado: 39%, ou mais de 212 mil.

Fonte - https://www.correio24horas.com.br/

Comentários

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.