Livre

PECU罵IA: Demanda aquecida para gen閠ica Sant'Anna

Diferente dos anos anteriores, o remate aconteceu em car醫er virtual situa玢o imposta pelo momento atual que vivemos e n鉶 interferiu nos resultados
Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020 - 11:26

No dia 13 de setembro, Carmo, Bento e Jovelino Mineiro realizaram a 31ª edição do Leilão Fazendas Sant'Anna, onde foram comercializados 162 touros das raças Nelore e Brahman, além de sete matrizes Girsey, oriundas do cruzamento entre as raças PECU.

Com um histórico de quatro décadas de seleção na raça Nelore, unificando caracterização racial, produtividade e performance a campo, a genética em oferta atraiu investidores dos grandes centros de pecuária.

Diferente dos anos anteriores, o remate aconteceu em caráter virtual – situação imposta pelo momento atual que vivemos – e não interferiu nos resultados. Em comparação à edição anterior, a oferta cresceu 13 % e o faturamento 70%, chegando a R$ 2.781.300,00. 

Apresentados em baterias e lotes individuais, os touros com cerca de 22 meses e 700 quilos de peso a pasto, reúnem os melhores índices em provas internas e avaliações do Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Segundo a Central Leilões, os lotes individuais atingiram média de R$ 20.976,19 e os touros agrupados em baterias emplacaram média de R$ 13.696,97. Já as vacas Girsey saíram à média de R$ 14.828,57. "Foi um leilão espetacular de animais selecionados para produzir carne e leite de qualidade a pasto", observou Lourenço Campo, diretor da Central Leilões.

A variabilidade genética dos lotes também impressionou. "Oitenta por cento dos pais desses touros são filhos de genética Sant'Anna, oriunda de 56 avós maternas diferentes. É uma linhagem que, realmente, equilibra raça, peso e aprumos, características que a Sant'Anna prioriza desde o início da seleção", observa o zootecnista João Eduardo Assumpção, técnico da ABCZ.

Brasil, uma potência nos trópicos

O 31º Leilão Fazendas Sant'Anna evidenciou uma nova realidade na pecuária. Com a carne bovina chegando à mesa de consumidores em mais de 180 países, as atenções do mundo se voltaram à competência da faixa tropical do planeta em produzir alimentos seguros e de qualidade, impondo desafios gigantescos frente ao crescimento demográfico.

"Mais do que celeiro do mundo, o Brasil é também uma potência no fornecimento dos pacotes tecnológicos que permitiram essa condição. Tudo graças à competência dos produtores, instituições de pesquisa e do próprio Estado", conclui o administrador das Fazenda Sant'Anna, Bento Mineiro, ressaltando que o zebu melhorado geneticamente foi determinante à evolução da pecuária. 

As médias do leilão indicam forte crescimento nas cadeias globais de consumo e demanda aquecida por soluções sustentáveis à produtividade.

 

 

.

Fonte - Pec Press - Comunica玢o Estrat間ica

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.