Livre

Vereador Isaque Machado intervem e Prefeitura revoga decreto

SEMTRAN voltou atrs na deciso e revogou a portaria que suspendeu o uso do carto SIM, que do direito ao transporte gratuito de idosos nos nibus coletivos da capital.
Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020 - 11:41

Após intervenção do vereador Isaque Machado, prefeitura volta atrás e revoga decreto que suspendeu uso do cartão SIM que dá direito ao transporte coletivo gratuito de idosos na capital

Atendendo pedido feito pelo presidente da Comissão da Pessoa Idosa da Câmara Municipal de Porto Velho, vereador Isaque Machado (PATRIOTA), a Secretaria Municipal de Transporte e Transito – Semtran, na pessoa do secretário Nilton Gonçalves Kisner, voltou atrás na decisão e revogou a portaria que suspendeu o uso do cartão SIM, que dão direito ao transporte gratuito de idosos nos ônibus coletivos da capital.

O pedido encaminhado pelo parlamentar foi em atendimento a demanda feita pela presidente do Conselho Municipal da Pessoa Idosa, Vanusa Soares e do presidente do Conselho Estadual da Pessoa Idosa, Deusdedi Rodrigues que solicitaram apoio ao Vereador  Isaque Machado para interceder junto a prefeitura pela revogação do decreto.

De acordo com a secretária, a interrupção do uso pelo idosos se deu por conta da pandemia do novo Coronavírus, mas Isaque Machado, entende que os idosos precisam usar o transporte público para irem em busca de atendimento médico, receberem seus vencimentos, entre outras coisas, o que acabou prejudicando muitas pessoas.

“Agradeço a sensibilidade do secretário Nilton Gonçalves Kisner em atender mais um pedido feito pelo nosso gabinete, reconhecendo que é primordial e importante a liberação do uso dos cartões SIM para os idosos da nossa capital, pois muitos deles tem apenas o transporte coletivo como meio de locomoção e a sua suspenção acarretaria em mais prejuízos que benefícios”, finalizou Isaque Machado.

Fonte - Assessoria

Comentários

News Poltica

News Polcia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.