Livre

VANDALISMO: Extremistas derrubam est醫ua de Ariano Suassuna no Recife

Est醫ua do escritor Ariano Suassuna alvo de vandalismo no Recife. Emlurb diz que monumento vai ser reparado
Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020 - 21:07

A escultura do escritor Ariano Suassuna, que fica no Centro do Recife, foi alvo de vandalismo na madrugada desta segunda-feira (21). A obra, que mede 1,80, é assinada pelo artista plástico Demétrio Albuquerque e integra o Circuito da Poesia da capital pernambucana desde 2017. Quem passa pelo local pode observar que a estátua foi derrubada e se encontra com os pés e as pernas quebradas.

O Circuito da Poesia contempla esculturas em tamanho real, que homenageia artistas da música e da literatura. Além de Suassuna, o projeto possui estátuas de Clarice Lispector, João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira. A obra em homenagem ao escritor paraibano foi colocada em frente ao Teatro do Arraial, inaugurado por Ariano em 1997 e que, desde 2004, leva o seu nome.

A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) informou que a escultura foi depredada e que equipes verificaram a extensão dos danos para providenciar o reparo. A Polícia Civil informou que abriu um inquérito para investigar o caso, que ficou sob a responsabilidade da delegada Alessandra Ramos.

Ariano Suassuna morreu no Recife, em 2014, aos 87 anos, depois de complicações por causa de um AVC. Além de ser considerado um dos maiores escritores da história do Brasil, Ariano também se posicionava politicamente.

Natural da cidade de João Pessoa, capital da Paraíba, Suassuna era um erudito que se disfarçava na fala de sertanejo. “No Brasil existem dois países: o Brasil oficial e o Brasil real. Eu interpreto que o Brasil oficial é o nosso, dos privilegiados. E o país real é o do povo”, dizia.

Suassuna apresentou uma das definições mais claras e simples do que, para ele, representavam as visões políticas de esquerda e direita: “Quem é de esquerda luta para manter a soberania nacional e é socialista. Quem é de direita é entreguista e capitalista. Quem, na sua visão do social, coloca ênfase na justiça, é de esquerda. Quem a coloca na eficácia e no dinheiro, no lucro, é de direita”.

Fonte - pragmatismopolitico

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.