Livre

L閛 Moraes fora! ele anunciou decis鉶 na 鷏tima hora e confirmou que fica na C鈓ara

PERGUNTINHA: Com mais oito mortes em 24 horas entre ter鏰 e quarta e 1.277 骲itos em Rond鬾ia, at agora, voc que faz parte do grupo de risco, continua com medo de sair de casa?
Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2020 - 08:25

Léo Moraes fez mistério até o último segundo da última hora.  Finalmente, à noite, ele comunicou oficialmente, através de uma live nas redes sociais, que não será candidato à Prefeitura. Optou, segundo ele, por continuar seu trabalho, que está tendo muitos bons resultados, na Câmara Federal, onde, como vice líder do Podemos, seu partido, tem conseguido muito apoio para Rondônia. Num curto discurso, mas com emoção, Léo confessou que foi pressionado por muita gente para entrar na briga da sucessão municipal, mas muitos outros o queriam onde está: defendendo os interesses do Estado em Brasília. Não disse com todas as letras, mas deixou claro que sua decisão também teve a ver com sua família. Os conselhos familiares sempre foram no sentido de que ele se mantivesse na Câmara Federal. Léo afirmou ainda que o Podemos tem o que ele chamou de “a melhor nominata de candidatos à Câmara Municipal” e que estará na campanha ao lado deles. Foi, certamente, uma decisão bastante difícil de ser tomada, até porque, confessou, ser Prefeito da sua cidade, algum dia, faz parte dos seus sonhos. O que Léo não disse é que, na verdade, sua performance muito positiva no Congresso, onde, pelo segundo ano consecutivo, foi escolhido o mais atuante parlamentar da nossa bancada, pode levá-lo mais longe. E a  desafios mais complexos. Seus sonhos políticos para o futuro incluem um alvo muito maior: o Palácio Rio Madeira/CPA, sede do governo de Rondônia. 

A decisão de Léo, sem dúvida alguma, vai beneficiar em muito o projeto de reeleição de Hildon Chaves. Sempre colocado entre os primeiros, quando não o primeiro, em todas as pesquisas feitas nos últimos meses, à Prefeitura, Léo seria, sem dúvida, o mais duro adversário do atual Prefeito. Com sua desistência, mais as saídas de Thiago Tezzari e Fabricio Jurado da corrida, restam poucos nomes de peso para enfrentar o atual ocupante do Palácio Tancredo Neves, como Williames Pimentel, Lindomar Garçon, Vinicius Miguel e Cristiane Lopes. Há quem ache, ainda, que nessa relação se deveria incluir o nome do Coronel Ronaldo, mas essa possibilidade ainda é apenas uma teoria, porque não se sabe, exatamente, qual o potencial eleitoral do excomandante da PM do Estado. Haverá alguma grande surpresa, em relação aos outros nomes que estão na disputa? Difícil prever, mas a tendência é que não repita o fenômeno do próprio Hildon, que saiu de 1 por cento das intenções de voto, para ganhar a eleição, há quatro anos. A desvantagem de Hildon, contudo, é que agora será ele contra todos.  Enfim, a campanha está posta...

TEZZARI E FABRÍCIO SAEM E APÓIAM HILDON

O quadro na sucessão em Porto Velho teve mais duas surpresas, nessa quarta-feira, um dia depois que o prefeito Hildon Chaves anunciou que seria candidato à reeleição. Dois pré candidatos abriram mão de suas pretensões e seus partidos vão apoiar o projeto do segundo mandato do atual Prefeito. O primeiro deles, que até ontem reafirmava que disputaria a eleição, foi o ex presidente da Emdur e “cria” de Hildon, um dos seus assessores mais próximos, Thiago Tezzari. Ele alegou que havia lançado seu nome quando Hildon não estava na disputa, mas com a decisão do Prefeito, ele e seu partido, o PSD, vão apoiar a reeleição. O senador Expedito Júnior participou diretamente de todas as conversações, até a decisão de Thiago ser anunciada. O DEM também seguiu o mesmo caminho. Fabrício Jurado sai da corrida municipal, porque seu partido, liderado pelo senador Marcos Rogério, decidiu aliar-se a Hildon. O vice mais cotado na chapa do Prefeito continua sendo Maurício Carvalho, mas se ele não topar, Tezzari é um nome a ser considerado.

GARÇON E MILENA: CHAPA PURO SANGUE

Mais um nome quentíssimo na corrida municipal em Porto Velho foi oficializado nessa terça. Trata-se do ex deputado federal de três mandatos e duas vezes prefeito de Candeias do Jamari, Lindomar Garçon. Ele anunciou, na convenção do Republicanos, o nome da sua vice, a policial militar Milena Barreto, que há anos se dedica a obras sociais na Capital. A dupla vem com apoio importante de setores evangélicos, mas tem ainda a performance do próprio Garçon, que em suas disputas por cadeiras no Congresso, sempre teve votações muito grandes em Porto Velho. A partir desse eleitorado fiel é que o ex deputado (que foi secretário de Hildon Chaves e só decidiu concorrer depois que o Prefeito lhe afirmou que não entraria na disputa) começa sua corrida em busca da cadeira de Prefeito. Garçon e Milena formam uma dupla puro sangue, já que o Republicanos não se aliou. Na convenção foi lançada também uma relação de 32 nomes para concorrer à Câmara Municipal.  

CRISTIANE CONFIRMADA, MAS AINDA SEM O VICE

Cristiane Lopes também já está no páreo, já que a convenção do seu partido, o PP, confirmou o nome dela para concorrer à Prefeitura da Capital. Mais dois partidos (o PROS, que havia lançado Anderson Pereira, mas que depois abriu mão da candidatura) e o PSC, aderiram ao projeto de Cristiane. Não ficou definido, ao menos na convenção, o nome do vice, que ainda está sendo analisado, mas tudo indica que virá de um dos dois partidos. Cristiane, até agora, é a única mulher que encabeça chapa para a corrida municipal de novembro. Ela terá o apoio do comando regional, à frente Jaqueline Cassol e de todas as lideranças do partido, que busca a Prefeitura pela primeira vez, por uma vereadora do partido. Há grande otimismo no grupo pepista, porque Cristiane é considerada uma candidatura extremamente viável. Vereadora que surpreendeu em sua primeira eleição, ela teve votação considerada muito boa, quando disputou uma vaga para a Câmara Federal.

BOAS NOVAS: VALOR DA CONTA DE LUZ NÃO VAI SUBIR

A notícia é tão boa que não parece verdadeira. Mas é! Um esforço conjunto de autoridades rondonienses (à frente o senador Marcos Rogério e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes), ajudaram a convencer a Aneel não só a não conceder o aumento de 20 por cento nas contas de luz, pedido pela Energisa, como ainda o reposicionamento de Rondônia no sistema nacional, possibilitando que as tarifas caiam em até 12 por cento daqui para a frente(já vai cair 2,34 por cento a partir de agora). O resumo da ópera: a Energisa teria direito a solicitar reajuste no aniversário do contrato. Pediu 20 por cento a mais no valor das contas. Mas não levou. Durante sessão remota, com a Agência Nacional de Energia Elétrica (a Aneel), os rondonienses defenderam com unhas e dentes que a majoração fosse negada. Conseguiram não só isso, como ainda o reposicionamento de Rondônia no contexto nacional de unidades consumidoras, o que possibilitará uma reavaliação, para baixo, nos preços cobrados pela concessionária.

MARCOS ROGÉRIO E LAERTE DIZEM QUE PREÇO CAI

Houve, portanto, duas vitórias na questão do preço da energia, graças a participação importante, no debate com a Aneel, de Marcos Rogério e Laerte Gomes. Num dos lados, por causa da MP 998, que tramita no Senado e que vai incidir sobre a proibição do reajuste da energia nesse momento, numa ampla negociação e que está prestes a ser votada e entrar em vigor. Na criação da MP, aliás, Marcos Rogério teve participação destacada. De outro, as ponderações feitas por Laerte Gomes, lembrando as dificuldades da população rondoniense, nesses tempos de pandemia. Além de terem sucesso na complexa empreitada de impedir o reajuste, os representantes do nosso Estado ouviram ainda outra boa notícia. Rondônia e Acre vão mudar de situação no contexto do mercado regulatório. Com essa mudança, para melhor, os valores a serem cobrados pela energia devem começar a cair. Tomara que isso se concretize o mais breve possível, já que, mesmo com duas hidrelétricas gigantescas no rio Madeira, ainda pagamos um preço absurdo pela energia que consumimos.

MAIS UM BESTEIROL CRIADO PELOS VEREADORES

Na contramão de um país que precisa trabalhar, duro, para se recuperar; recuperar empregos e se desenvolver, parte da classe política, continua inventando asneiras e bobagens, quando o momento é de seriedade e preocupação. Foi o que fez a Câmara de Vereadores de Porto Velho, ao decretar como feriado municipal o Dia 8 de Março, Dia Internacional da Mulher. Pelo absurdo projeto, o feriado valeria só para as mulheres. Algo totalmente vazio, com intuito apenas político e sem qualquer serventia para a população, já que há muitas outras formas de valorizar as mulheres. Mesmo sabendo disso, os vereadores encaminharam a proposta que que, obviamente, foi totalmente vetada pelo prefeito Hildon Chaves. Os nobres edis também levaram peia no Judiciário. Poderiam ter ficado sem levar um puxão de orelhas de alto nível, do desembargador Isaías Fonseca  que, na sua decisão, afirmou. “Não se pode criar um “direito” a ser usufruído por um ou por outro somente em razão do gênero, salvo quando a fisiologia assim impuser, como é o caso da licença maternidade”. Outra perda de tempo. A nossa Câmara precisa melhorar. Muito.

NOTA DO IDEB MELHORA E RO É LÍDER NA REGIÃO NORTE

Muita comemoração pelos lados do Governo do Estado e da Seduc, em relação aos números positivos do IDEB, que colocaram Rondônia na melhor colocação entre todos os Estados da região norte e na oitava melhor posição entre todas as unidades da Federação. Em 2017, o Estado tinha chegado a nota 4.0 e agora chegou a 4.3, faltando pouco para atingir a meta, em 2019, de uma nota que chegasse a 4,8. No Ensino Fundamental nos anos iniciais (1º ao 5º ano), durante todo o ciclo histórico da avaliação externa, Rondônia manteve-se nas metas projetadas,  de 5,6. Já nos anos finais (6º ao 9º ano), o Estado alcançou a média de 4.9 pontos, chegando próximo da meta que era de 5.1.Em todo o país, a avaliação do ensino, via Ideb, ainda está longe da meta média, que é de nota 6. Mas Rondônia tem melhorado a qualidade do seu ensino, principalmente nos dois últimos anos, crescendo em relação à ultima avaliação, em 2017 e com perspectiva de atingir números melhores no ano que vem. O governador Marcos Rocha e o secretário Suamy Vivecananda divulgaram vídeo, nesta quarta, comemorando os novos números.

PERGUNTINHA

Com mais oito mortes em 24 horas – entre terça e quarta – e 1.277 óbitos em Rondônia, até agora, você que faz parte do grupo de risco, continua com medo de sair de casa?

Fonte - Sergio Pires/NewsRondonia

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.