Quarta-Feira, 02 de Setembro de 2020 - 15:53 (Geral)

L
LIVRE

Lenha na Fogueira: Dança de salão no SESC

As inscrições estão abertas na Central de Atendimento do Sesc Esplanada. Mas olha só, devido ao distanciamento social, as vagas são limitadas.


Imprimir página

O Sesc Rondônia retoma as aulas de dança presenciais!


As inscrições estão abertas na Central de Atendimento do Sesc Esplanada. Mas olha só, devido ao distanciamento social, as vagas são limitadas.


Quer obter maiores informações? Basta ligar na Central de atendimento através do (69) 3229-6006 ramal 207, 215 ou 223.


Então o que você está esperando? Vamos aproveitar para movimentar o corpo?


Se inscreve e vem participar das aulas com a gente! Sistema Fecomércio e você, juntos no enfrentamento da Covid 19. #sesceuvolorizo #osescnaopara #fecomercioro.


Já não bastasse a falta de apoio aos povos indígenas por parte do governo brasileiro, agora o novo coronavírus não está dando trégua


De acordo com a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coaib), Rondônia contabiliza 19 vítimas do novo coronavírus entre povos indígenas. Além de 1.011 casos diagnosticados em 14 povos e 203 suspeitos.


Nos últimos dias o povo Paeter Suruí tem sofrido perdas, por exemplo: na última segunda feira 31 de agosto, foi registrada a terceira morte de um índio Suruí.


O indígena Fábio Suruí, de 57 anos, foi o terceiro indígena da etnia a perder a vida para a Covid 19.


A primeira foi Iabibi Suruí, que faleceu em 24 de agosto e a segunda, Renato Suruí que morreu no dia 27.


De acordo com a liderança indígena Almir Suruí, na etnia 159 casos do novo coronavírus foram confirmados. Atualmente um indígena está internado na UTI do Hospital Regional. (Com informações do G1)


Por falar nisso, Rondônia registra 615 casos de Covid-19 e sete mortes nesta terça-feira, 1º setembro.


Com esses dados o estado chega a 55.768 casos da doença. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde.


 

Os óbitos foram em 4 cidades: 3 em Presidente Médici - uma mulher de 70 anos e dois homens de 69 e 79 anos; 2 em Ariquemes - dois homens de 61 e 64 anos; 1 em Candeias do Jamari - um homem 66 anos; 1 em Porto Velho - uma mulher 94 anos.


Por tudo isso a recomendação continua sendo: lavar as mãos com água e sabão; usar álcool em gel e não esquecer de usar máscara caso tenha que sair de casa,


Vale lembrar que Rondônia está na fase da gangorra, um dia os casos baixam e as mortes diminuem em outro aumentam consideravelmente.


Por isso não descuidem de seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde que repetimos: Lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel e se for sair usar máscara, além de evitar aglomeração.


Lembrando que; É melhor prevenir que remediar!

Fonte: Zé Katraca - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias