Segunda-Feira, 31 de Agosto de 2020 - 12:21 (Saude)

L
LIVRE

Fiscalização do Cremero confirma prática ilegal da medicina em Machadinho do Oeste

O material foi apreendido, sendo ainda qualificada a paciente como testemunha.


Imprimir página

Na tarde desta quinta-feira (27), o departamento de Fiscalização do Cremero de Porto Velho esteve na cidade de Machadinho do Oeste para apurar uma denúncia de exercício ilegal da medicina. Com o apoio da Polícia Civil, foi realizado flagrante delito na prática de acupuntura. O material foi apreendido, sendo ainda qualificada a paciente como testemunha.

O denunciado era farmacêutico e tinha um centro de estética onde praticava além da acupuntura a aplicação de toxina botulínica, sendo a primeira atividade privativa de médico e a segunda permitida aos médicos e odontólogos. O 2º Secretário do Conselho, responsável pela Fiscalização Dr. Lucas Levi, esclareceu que embora estes profissionais entendam ter capacidade para o ato, reverter as possíveis complicações é muito mais difícil. "Profissionais não médicos não estão preparados para as consequências de uma dose dada errada, aplicada de forma errada. Já vimos lesões gravíssimas, incluindo ulceras pela não capacidade técnica. Em relação a acupuntura é uma atividade exclusivamente médica com necessidade de especialização na área. Nem mesmo esse curso ele possuía", acrescentou o médico.

Para o Presidente do Cremero, Dr. Robinson Machado, quem está sendo atendido acaba se deixando levar pela emoção, afinal, a saúde devia ser garantida. "É importante ressaltar que o trabalho de Fiscalização está mais do que nunca ativo também no interior do Estado. Não deixem de fazer suas denúncias, precisamos proteger ainda mais a população e assegurar a prática legal da medicina", alertou.

O infrator que se apresentava como médico, foi conduzido para delegacia, onde responderá ao inquérito policial. De acordo com a ocorrência, o farmacêutico foi enquadrado por prática ilegal recorrente.

Fonte: News Rondônia

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias