Quarta-Feira, 26 de Agosto de 2020 - 11:22 (Economia)

L
LIVRE

Petrobras põe à venda todo os ativos de petróleo no RN, podendo deixar de operar em todo nordeste

O Polo Potiguar no Rio Grande do Norte à venda pela Petrobras compreende três subpolos, totalizando 23 campos de petróleo terrestres e 3 marítimos. Operações da estatal no nordeste estão em risco para direcionar o foco no pré-sal do sudeste.


Imprimir página

Após a Petrobras concretizar a venda de oito campos de petróleo por 94,2 milhões de dólares, no estado da Bahia para SPE Rio Ventura, a estatal anunciou ontem (24/08) em fato relevante, que pôs a venda a Refinaria Clara Camarão em Guamaré e vinte e seis campos de produção terrestres e de águas rasas, localizadas na Bacia Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte -RN, denominados conjuntamente de Polo Potiguar.

A produção média do Polo Potiguar de janeiro a junho de 2020 foi de aproximadamente 23 mil barris de petróleo dia e 124 mil m³/dia de gás natural.

O Polo Potiguar no Rio Grande do Norte, compreende três subpolos: Canto do Amaro, Alto do Rodrigues e Ubarana, totalizando 26 campos de produção, sendo 23 terrestres e 3 marítimas, além de incluir acesso à infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento de petróleo e gás natural.

Já as concessões do subpolo Ubarana estão localizadas em águas rasas, entre 10 e 22 km da costa do município de Guamaré-RN. Os campos de Cioba, Oeste de Ubarana e Ubarana, juntos têm 28 plataformas instaladas em águas rasas. São 17 plataformas fixas, das quais 2 são habitadas, e 11 plataformas de aço do tipo jaqueta.

O comprador também levará a base administrativa e operacional do Alto do Rodrigues (RN), incluindo parque de manutenção e preservação de tubulações de poços e estoque de materiais.

Além das concessões e suas instalações de produção, a Petrobras incluiu na transação a Refinaria Clara Camarão localizada em Guamaré, no RN com capacidade instalada de refino de 39.600 bpd.

“As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado”, afirmou Petrobras em comunicado.

Fonte: Flavia Marinho / clickpetroleoegas

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias