Domingo, 23 de Agosto de 2020 - 15:47 (Geral)

L
LIVRE

Enquanto isso no Acre: Promoção de chopp causa aglomeração e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes pede punição

Assista.


Imprimir página

Um vídeo que viralizou nas redes sociais neste sábado, 22, mostra a aglomeração de pessoas dentro do Bar e Espetaria Tardezinha, em Rio Branco. O vídeo foi compartilhado pelo jornalista Altino Machado em suas redes sociais.

Segundo informações repassadas ao ac24horas, a lotação da casa noturna ocorreu após a empresa divulgar promoção de chopp “compre quatro e leve cinco”, assim como promoção de petiscos.

De acordo com o Pacto “Acre Sem Covid”, eventos que geram aglomerações só são permitidos na fase verde. Atualmente, o Acre se encontra na faixa amarela, entre elas, a ocupação só pode apenas 50% da capacidade total dos espaços e distanciamento de mesas de 2,5 metros.

No vídeo, é possível constatar diversos clientes sem máscaras e sem cumprir o distanciamento social.

Em Nota, Associação de Bares e Restaurantes lamentou a conduta da casa noturna e pediu punição. O empreendimento pertence ao empresário Neto Brito.

Segundo Associação, esse tipo de conduta não representa o setor, tampouco o que acreditam que seja correto e seguro para reabertura dos bares e restaurantes.

“Repudiamos por completo as atitudes do estabelecimento e a falta de compromisso do mesmo para com a segurança da sua equipe e dos seus clientes. Casos como esse não podem ocorrer e devem ser punidos severamente, conforme manda as normas estabelecidas”, afirmou.

A Associação lamentou e afirmou que desde o início da crise da Covid-19, concentrou esforços para elaborar protocolos de reabertura das atividades que oferecessem segurança para funcionários e clientes.

“A ABRASEL tem a certeza que para vencermos esse momento difícil precisamos cumprir rigorosamente com todas as normas e regras estipuladas pelos órgãos competentes, somente dessa forma será possível a liberação de 100% da capacidade de ocupação dos bares e restaurantes”, encerrou.

Fonte: Ac24horas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias