Sabado, 22 de Agosto de 2020 - 14:27 (Curiosidades)

L
LIVRE

Seis curiosidades que a ciência não pôde explicar

Acredita-se que para a construção deste monumento foram retiradas aproximadamente mais de um milhão de metros cúbicos quadrados de rocha!


Imprimir página

#01 CAVERNAS DE LONGYOU:

Você certamente já ouviu falar de cavernas, mas você sabe sobre as histórias que elas escondem? Eis aqui uma fascinante descoberta feita no Sudoeste da China por um agricultor local. Wu Anai, convencido de que tinha alguma coisa de muito misteriosa no fundo do mar, convenceu sua aldeia a comprar uma bomba de sucção e drenar a água de um lago.

Depois de 17 dias de trabalho árduo, ele finalmente descobriu o que tinha embaixo da água, ou pelo menos o começo do que seria um grande complexo de cavidades construídas há milhares de anos! Esse complexo possuia nada mais, nada menos que 27 cavernas com tetos de 30 metros de altura e superfície de mil metros quadrados cada uma. Um verdadeiro império arquitetônico escondido por séculos! Como sabemos disso? Bom, os desenhos esculpidos se parecem bastante com cerâmica chinesa, confeccionadas, há, pasmem, 2,5 mil anos. A certeza é de que essas cavernas foram cavadas com as mãos.

E tem mais! Acredita-se que para a construção deste monumento foram retiradas aproximadamente mais de um milhão de metros cúbicos quadrados de rocha! Os cientistas simplesmente não sabem explicar a existência dessa maravilha, nem como a falta de documentos que que registrem uma construção desse tamanho, pois constata-se que seriam preciso, no mínimo, mil pessoas, trabalhando incansavelmente dia e noite durante 6 anos para essa belezinha existir hoje. Outro grande mistério é quem ordenou essa construção, os responsáveis por ela. Seriam grandes reis? Não se sabe. Desde 1992 o mistério ronda a China, mas o que esperar da nona maravilha do mundo, não é mesmo?

#02 MANUSCRITO VOYNICH:

FÁBIO: Essa é para você que ama desvendar um mistério. Está lançado o “desafio que vale um milhão”; você conseguiria desvendar o Manuscrito de Voynich? Tido como o livro mais misterioso do mundo, Voynich data do ano de 1400 e desde então pesquisadores, criptógrafos e amadores já tentaram traduzi-lo de todos os modos e eu nem preciso dizer que falharam miseravelmente. O pergaminho é escrito da esquerda para a direita e sem pontuação. Nele contém desenhos misteriosos e desconhecidos de plantas, astrologia, biologia, medicina, enfim, um mix de informações guardadas à sete chaves. Voynich tem esse nome devido aWilfrid Michael Voynich, um mercador de livros que o comprou no mercado Jesuíta. Teorias da conspiração dizem que ele foi escrito pelo próprio William Shakespeare, ou até mesmo por alienígenas. Se é verdade ou não, ninguém sabe. O livro é tão famoso que já foi citado várias vezes em produções grandiosas, inclusive por Dan Brown, autor de O Código da Vinci, em seu livro O Símbolo Perdido. Chique, né? Até apareceu um carinha dizendo que conseguiu desvendar o mistério, mas ninguém botou muita fé, não.

#03 OS LABIRINTOS BOLSHOI:

FÁBIO: Com teorias que vão desde um portal para vidas passadas à armadilha para pegar peixe, o Labirinto de pedra da Ilha Bolshoi Zayatsky é alvo de estudos de diversos especialistas. Os labirintos são pequenas, mas suas pedras são gigantes e de origens desconhecidas. Nesta ilha, encontram-se a maior parte dos labirintos de pedra do mundo! Medindo entre 6 e 25, 4 metros de diâmetro, a posição das pedras não traz uma mensagem clara, mas muito se acredita que pode ser uma passagem para o submundo, onde os mortos usam para atravessar para o outro lado. Sinistro! Atualmente esses labirintos são visitados apenas por devotos e peregrinos.

#04 A MÚMIA DE NAZCA:

FÁBIO: Você acredita em vida fora da terra? Pois bem, esteja com a mente e os ouvidos bem abertos, porque lá vem história. Tudo se iniciou lá em 2017, quando ladrões, passeando por aí “despretensiosamente” acabaram encontrando uma múmia. É isso mesmo, eles encontraram uma múmia, na região de Nazca, no Perú.

E engana-se quem pensa que foi uma múmia qualquer. Essa tinha apenas três dedos e uma cabeça alongada. Muito semelhante a imagem associada aos alienígenas que temos. Inclusive, por um tempo os cientistas acreditaram realmente nessa teoria. Bizarro, não? Já imaginou? Mas a teoria durou pouco e agora os cientistas acreditam que se trata de uma outra espécie de ser humano de 1,8 mil anos de idade! Maria, como nomearam a múmia, seria 98,5% primata e 1,5% desconhecida, fazendo dela uma versão ancestral desconhecida do ser humano.

#05 SUDÁRIO DE TURIM:

FÁBIO: O que você faria se estivesse diante de uma das mais importantes e estudadas relíquias do mundo? Pois bem, acredita-se que Sudário de Turim foi o manto que cobriu Jesus Cristo logo depois de sua crucificação! Desde quando surgiu, lá entre os séculos 13 e 14, o manto é alvo de discussões e pesquisas por várias pessoas de todas as partes do mundo. Sua autenticidade foi contestada até mesmo por um bispo, que o chamou de falso, já que alguns estudos chegaram no resultado de que o Sudário teria por volta de 800 anos, não coincidindo com a época que Jesus viveu. Até mesmo recentemente durante uma de suas exibições, sua originalidade foi colocada a prova. O papa Francisco chegou a se referir ao Sudário, mas não mencionou se acreditava na autenticidade ou não.

De fato, pesquisadores acreditam que o Santo Sudário tenha realmente coberto o corpo de um homem que havia sido crucificado. Porém, sem nenhuma data descoberta. Polêmicas à parte, eu quero saber da sua opinião. E você? Acredita em quê?

#06 GIGANTES:

FÁBIOQuem nunca assistiu um filme de fantasia e se deparou com um gigante na tela da sua televisão? Eles estão por toda a parte, mas ninguém nunca provou suas existências. Sim, chegou a hora! Vamos falar dos Gigantes!

É verdade que ninguém nunca viu um gigante na vida, mas já existem pesquisas que podem comprovar que eles realmente existiram na civilização. Recentemente arqueólogos chineses descobriram esqueletos de 5.000 anos de indivíduos com tamanho e força fora do normal para os parâmetros da época. Os então gigantes foram descobertos durante escavações na província de Shandong. O mais alto deles é do sexo masculino, chegava a medir 1,90 metros de altura. Mais altos foram encontrados em túmulos maiores, muito abaixo das médias dos indivíduos recém-descobertos da China. Maneiro, né? E essas foram as 06 curiosidades que a ciência não pôde explicar! 

Fonte: Mais Curiosidades - NewsRO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias