Sexta-Feira, 21 de Agosto de 2020 - 16:26 (Geral)

L
LIVRE

PLATAFORMAS DE INVESTIMENTO: Segurança e sucesso nos novos mercados

Repensar investimentos a longo prazo com novas plataformas é o segredo para obter sucesso em um mercado fragilizado e em constante mudança.


Imprimir página

Ninguém mais finge não saber que o Brasil e o mundo estão em crise econômica– e sequer cabe o termo “entrando” mais. Dados do IBGE mostram um crescimento ínfimo de 0,9% no PIB no primeiro trimestre de 2020, e isso foi antes de a pandemia começar, o que quer dizer que a tendência, infelizmente, é de piora.

Uma das consequências disso são as medidas de austeridade financeiras por parte do governo, entre as quais vale citar a redução drástica da taxa de juros a novos níveis recorde de tão pequenos. Chegou ao ponto de, finalmente, a poupança ter crescimento negativo por conta da inflação.

 

Com tantos problemas à vista e notando que a caderneta clássica não é mais uma opção viável, cada vez mais gente se vira para novas formas de investimento, sejam elas já conhecidas, como Tesouro Direto, CDB e outras, e também as novas plataformas de investimento, cada vez mais populares.

É justamente sobre esse novo modelo de negócios e investimentos que vamos tratar, tentando entender melhor o porquê de ir atrás disso pode ser (ou não) uma boa ideia para cada caso.

Por que procurar uma plataforma de investimento?

Mesmo quem não está inserido entre os players convencionais do mercado já ouviu falar em nomes como XP, Ágora e as vertentes de investimento digital de grandes bancos como Itaú, Santander e vários outros. Outros nomes despertam curiosidade, como os que se perguntam Olymp Trade como funciona, entre outras.

As plataformas de investimento estão na moda, por assim dizer, mas é compreensível: o investimento tradicional parece não estar dando tanto resultado em tempos de crise e caos, por isso as pessoas se voltam para alternativas que sejam diferentes das tradicionais – e esconder dinheiro no colchão também não dá certo, viu?

Além de plataformas de investimento em métodos tradicionais, como os já citados Tesouro Direto, LCI e LCA e outros tantos nomes, algumas alternativas têm surgido e atraído cada vez mais atenção.

Uma delas são as operações binárias, nas quais o investidor usa seus melhores palpites para o mercado para obter potencial lucro. Estudando flutuação cambial de moedas, commodities e outros produtos negociados mundo afora, inclusive ações, é possível descobrir um novo nicho de investimento que tem atraído cada vez mais players.

Segurança e confiança a longo prazo

Enquanto bancos, plataformas tradicionais, digitais e alternativas lutam para conquistar novos clientes, o que precisa ser respondido sob qualquer circunstância é: estou seguro? Como confiar nesses serviços?

É impossível generalizar, mas podemos dizer que existe uma tendência de que as novas gerações, principalmente, prefiram fazer negócios pela internet – e isso vai desde a mais simples compra no e-commerce de grandes varejistas de todos os dias quanto investimentos a longo prazo em novas plataformas digitais.

Não importa o caso; o que importa é que o cliente esteja seguro de que está em um ambiente confiável em todos os aspectos – desde a segurança digital básica fornecida por certificados SSL e dados criptografados de navegação até a certeza de que é um negócio idôneo e no qual o investimento não irá desaparecer em golpes ou movimentações desonestas.

Tão importante quanto isso, porém, é o pensamento de negociação a longo prazo. Investimento sólido é aquele que é pensado não para um lucro imediato e fim de papo, e sim aquele que conta com consultoria especializada, treinamento e dá todo o suporte ao cliente; a obrigação deste, naturalmente, é se preparar da melhor maneira possível para estar neste mercado.

Seja através das operações binárias, da Olymp Trade ou de outras plataformas, dos investimentos em bancos tradicionais ou novas formas de tentar se adaptar às novas realidades do CDI e dos juros reais, o objetivo final deve ser o sucesso contínuo e constante no futuro.

Fonte: ebc

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias