Sexta-Feira, 21 de Agosto de 2020 - 14:03 (Política)

L
LIVRE

Coronel Chrisóstomo solicita diminuição de tarifas de energia elétrica em Rondônia a Bolsonaro

O deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL) encaminhou um ofício ao Presidente Jair Bolsonaro em que pede para viabilizar ações que reduzam o preço da tarifa de energia elétrica em Rondônia.


Imprimir página

O pedido foi feito oficialmente na última segunda-feira (17), mas o deputado levou o tema ao presidente semanas atrás. No ofício, Coronel Chrisóstomo alerta que Rondônia foi incluída de maneira errada no mesmo grupo de Estados brasileiros que subsidiam a produção de energia elétrica em regiões mais pobres.

Apesar de Rondônia ser um grande produtor de energia elétrica – especialmente após a construção das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio –, uma pesquisa do IBGE divulgada em fevereiro mostra que a renda média do rondoniense está abaixo da média nacional: R$ 1.136,48. Apesar disso, a tarifa de energia de Rondônia é uma das mais caras do Brasil.

"O valor cobrado pela energia elétrica que chega ao consumidor final no Estado de Rondônia é 6% mais elevado do que a média nacional. Nosso estado abastece de energia elétrica 40 milhões de brasileiros e arca com o passivo socioambiental negativo das usinas hidrelétricas no rio Madeira", afirma Coronel Chrisóstomo no ofício enviado a Jair Bolsonaro.

Rondônia foi incluída entre os Estados que doam recursos à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), um fundo nacional que subsidia a produção de energia elétrica pelo Brasil. Coronel Chrisóstomo explica que a população de Rondônia já pagou cerca de R$ 1 bilhão ao fundo – dinheiro que poderia ser investido em outras áreas, como na infraestrutura e no saneamento básico dos municípios.

"Solicito que faça justiça com o povo do Estado de Rondônia, viabilizando uma redução de no mínimo de 6% no valor final do preço da energia elétrica, bem como restabelecendo os recursos deixados de ficar no estado no valor estimado de R$ 1 bilhão", conclui o parlamentar.

O presidente Jair Bolsonaro pretende publicar nas próximas semanas uma medida provisória que reduz as tarifas de energia elétrica cobradas nas regiões Norte e Nordeste. Mais de 60 milhões de pessoas seriam beneficiadas com o texto.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias