Quarta-Feira, 19 de Agosto de 2020 - 10:42 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

Adolescente morre após ser atropelado por carro que foi atingido por outro em cruzamento na capital

Na avenida Raimundo Cantuária com José Amador dos Reis.


Imprimir página

Um adolescente identificado como sendo Ageu de Oliveira Pereira, 16 anos, morreu no final da tarde de terça-feira (18), após ser atropelado por um carro modelo celta foi atingido por um Crossfox que avançou a preferencial no cruzamento das Avenidas Raimundo Cantuária com José Amador dos Reis, bairro Tiradentes, região leste de Porto Velho.

De acordo com informações de testemunhas, o Crossfox era conduzido por um homem de 56 anos, que seguia na José Amador dos Reis quando avançou a preferencial na Raimundo Cantuária atingindo o celta que era conduzido por um homem de 37 anos, fazendo com que o motorista perdesse o controle da direção e atingisse violentamente a vítima e seu amigo, um homem de 28 anos, que atravessavam a via.

Rapidamente uma equipe do Samu chegou no local e prestou os primeiros socorros, porém a vítima morreu dentro da ambulância e a outra vítima foi socorrida para UPA leste com várias lesões pelo corpo. Rapidamente a Polícia militar do batalhão de trânsito chegou no local e logo começou a se aglomerar os familiares da vítima que tentaram fazer justiça com as próprias mãos tentando linchar o motorista causador do acidente, sendo necessários os policiais a retirar o motorista do local.

Foi pedido reforço das demais guarnições de serviço para dar apoio a situação, pois as pessoas queriam atear fogo no veículo. A ambulância do samu levou o corpo da vítima para o instituto médico legal. A perícia técnica fez os trabalhos necessários e os veículos foram retirados do meio da via para liberar o trânsito. Os dois motoristas realizaram o teste do bafômetro dando resultado negativo para embriaguez na direção e receberam voz de prisão por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar) no trânsito e foram levados para a central de flagrantes para as devidas providências que a lei estabelece.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias