Terça-Feira, 18 de Agosto de 2020 - 12:09 (Eleições 2020)

L
LIVRE

Vereadora Cristiane Lopes oficializa pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho

Essa é uma grande e nova missão, mas entendo meu papel de fazer a diferença na vida das pessoas.


Imprimir página

Mãe, esposa, cristã, jornalista, formada há 15 anos, filha de Porto Velho, Cristiane Lopes (PP) é nascida e criada nesta cidade que tanto ama. Estudou nas escolas públicas João Bento da Costa, Eduardo Lima e Silva, e Bela Vista e conhece a capital como ninguém. Sabe das mazelas que a sociedade portovelhense enfrenta, tem ouvido o clamor do povo para que aconteça uma transformação política de verdade.

Por conta disso, e pelo amor que Cristiane Lopes tem pela cidade e pela população, resolveu atender aos pedidos de classes sociais, associações e da sociedade civil organizada de colocar seu nome à disposição para concorrer à pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho, no pleito de 2020.  

Com 35 anos, Cristiane Lopes entrou para a política em 2016, pelo Partido Progressista (PP), sendo eleita vereadora com 2.887, em 2018, concorreu a uma vaga para deputada federal, onde recebeu 20.350 votos. Desde então, atua de forma firme na busca do bem estar social, da igualdade, dos direitos básicos como saúde, educação, saneamento, além de lutar arduamente pela melhoria da infraestrutura da cidade, como limpeza, drenagem, asfalto dentre outros  

O objetivo é contribuir, ainda mais, com o crescimento e desenvolvimento de Porto Velho, e tem plena convicção de que pode fazer isso como gestora do município. Cristiane destaca que Porto Velho tem mão de obra qualificada, e servidores municipais dedicados. Acredita que a Capital pode e merece ser governada por uma filha desta terra, por isso se dispõe para fazer essa mudança.   

"Essa é uma grande e nova missão, mas entendo meu papel de fazer a diferença na vida das pessoas. Agradeço toda confiança recebida até aqui, e conclamo a todos a se unir comigo na realização deste projeto", destacou.  

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias