Terça-Feira, 18 de Agosto de 2020 - 08:56 (Artigos)

L
LIVRE

Comprando Bitcoin no Brasil

Diferentes trocas facilitarão diferentes métodos de pagamento, alguns são apenas fiat-to-crypto, enquanto outros oferecem uma gama maior de emparelhamentos cripto-para-cripto.


Imprimir página

Se você quiser comprar Bitcoin no Brasil, há uma grande variedade de opções disponíveis. Ambas as bolsas locais e internacionais permitem que usuários brasileiros comprem Bitcoin. Os brasileiros estão cada vez mais se voltando para o Bitcoin. Em apenas um mês, a economia mais poderosa da América Latina registrou um volume recorde de negociação de Bitcoins de 100.000 BTC em 24 horas.

As trocas locais podem ser um ótimo lugar para comprar Bitcoin no Brasil, mas às vezes isso vem com altas taxas de transferência, longos tempos de transação e baixa disponibilidade. Em muitos casos, um intercâmbio internacional pode ser melhor para você. Há uma variedade de opções para escolher, incluindo trocas centralizadas ou descentralizadas. Você também pode escolher se deseja comprar Bitcoin com seu real brasileiro ou se deseja usar outra criptomoeda para fazer isso. Diferentes trocas facilitarão diferentes métodos de pagamento, alguns são apenas fiat-to-crypto, enquanto outros oferecem uma gama maior de emparelhamentos cripto-para-cripto.

Se você deseja usar o real brasileiro para comprar Bitcoin, é necessário criar uma conta em uma bolsa que ofereça esse recurso. Dependendo da troca que você usa, você pode usar seu cartão de débito ou crédito para comprar Bitcoin diretamente, ou você pode usar outras criptomoedas. Nesses casos, você precisará fazer um depósito mínimo na carteira, que pode ser diretamente vinculado ao painel da bolsa. A vantagem desse método é que longos tempos de transação podem ser evitados, as taxas podem ser minimizadas e você tem melhor controle sobre seu dinheiro.

LocalBitcoins é provavelmente a troca de criptomoeda ponto a ponto mais popular disponível. Nesse caso, as transações acontecem diretamente entre os usuários, então geralmente são privadas, rápidas e fáceis.

Graças às plataformas P2P como LocalBitcoins, os usuários podem comprar Bitcoin no Brasil com depósitos em dinheiro e também por meio de negociações pessoais, onde as informações pessoais nem sempre são necessárias. A desvantagem? Os preços podem ser mais altos do que nas trocas de terceiros, e você tem maior probabilidade de se deparar com golpes e tentativas de fraude

Comprar Bitcoin no Brasil é como muitos outros lugares do mundo. Você precisa se registrar para uma conta em uma bolsa de criptomoeda e, na maioria dos casos, passar por um processo de verificação de identidade. Também é aconselhável habilitar a autenticação de dois fatores para adicionar uma camada extra de proteção aos seus ativos digitais.

Além disso, como as plataformas de troca de criptomoedas não são o lugar ideal para armazenar seu Bitcoin, você deve comprar uma carteira de criptomoeda. Dessa forma, você pode depositar seus fundos com segurança, sem se preocupar com ataques cibernéticos e fraudes.

Você também deve saber que as bolsas de criptomoedas brasileiras são obrigadas a relatar todas as operações mensalmente para fins fiscais. A Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) receberá todos os detalhes de suas transações. Isso inclui os valores transferidos e a identidade dos clientes.

Os residentes também são obrigados a informar todas as transações realizadas por meio de câmbio quando o volume de negociação for superior a R $ 10.000 ($ 2.700) por mês.

Os adeptos da criptomoedas  viram o mercado disparar. Na verdade, os mais jovens preferem comprar criptomoedas a investir na bolsa de valores de São Paulo.

Se você está disposto a comprar Bitcoin no Brasil, pode fazê-lo por meio de várias plataformas de câmbio de criptomoedas usando uma variedade de métodos de pagamento diferentes. Basta criar uma conta, comprar uma carteira e, claro, pagar os impostos em dia.

Fonte: Assessoria

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias