Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020 - 16:04 (Coronavírus)

L
LIVRE

Mais três funcionários do BB testam positivo para covid-19 em Porto Velho

Segundo o Sindicato, na agência Estilo um dos empregados infectados trabalhou até a última sexta-feira (7) e o outro até a terça-feira (11).


Imprimir página

Mais três funcionários do Banco do Brasil em Porto Velho tiveram teste positivo para covid-19 nos últimos dias, conforme informações passadas hoje, 14/8, ao Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia. São dois na agência Estilo (avenida Farqhuar) e um na agência Nova Porto Velho (zona Leste).

Segundo o Sindicato, na agência Estilo um dos empregados infectados trabalhou até a última sexta-feira (7) e o outro até a terça-feira (11). Em conversa com o superintendente comercial do BB em Rondônia, Edson Lemos, o Sindicato recebeu a informação de que os empregados ficarão em quarentena e a agência já passou por processo de sanitização (desinfecção) e só será reaberta na segunda-feira, 17.

Já a agência Nova Porto Velho, que atualmente passa por reforma, também está sem atendimento ao público e só será reaberta, talvez, na próxima quarta-feira.

“Tão logo tomamos conhecimento dos casos imediatamente entramos em contato com a Superintendência do BB, e hoje recebemos o retorno do superintendente, dando conta das medidas que já foram tomadas para preservar a saúde dos trabalhadores de ambas as unidades. O superintendente assegurou ainda que todos os trabalhadores que apresentarem os sintomas serão devidamente afastados do trabalho para aguardar a confirmação – ou não – da doença, para evitar o risco da suposta disseminação do vírus junto aos demais funcionários”, destacou José Pinheiro, presidente do SEEB-RO.

O Banco do Brasil lidera o ranking com maior número de casos confirmados de covid-19 no ramo financeiro do Estado desde o início da pandemia. Com mais esses três casos, agora são 45 trabalhadores do BB vítimas do contágio do novo coronavírus.

“Por isso voltamos a reforçar a orientação para que todos os trabalhadores, sejam dos bancos ou das cooperativas de crédito, não afrouxarem nos protocolos de segurança, pois os casos de contaminação continuam aumentando diariamente no Estado, e o único e melhor ‘remédio’ que temos é o respeito ao isolamento e o distanciamento social, o uso constante de máscara, álcool em gel, viseiras e luvas, além da prática permanente de medidas como lavar as mãos com sabão e água corrente, quantas vezes for possível, e a não aglomeração, seja nos locais de trabalho ou até mesmo dentro de casa”, enfatizou o dirigente.

Fonte: 010 - Rondineli Gonzalez

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias