Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 - 15:36 (Cidades)

L
LIVRE

Quase 20 km de recuperação de estradas: máquinas da Prefeitura e da Seagri trabalham na zona rural de VIlhena

Diversos setores serão beneficiados com encascalhamento de até 20 centímetros de espessura


Imprimir página

Diversas linhas e estradas rurais do setor chacareiro próximos à margem esquerda do rio Pires de Sá e também da BR-364 estão sendo recuperados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) em parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri). As máquinas trabalham no encascalhamento as vias com até 20 centímetros de espessura, garantindo qualidade no serviço para melhorar a trafegabilidade do escoamento da produção agrícola da zona rural, além de permitir melhor circulação dos moradores das chácaras para o Centro.

"Estamos fazendo média de 500 metros por dia, com foco na conclusão do trabalho até o fim do mês. O encascalhamento é de 20 centímetros de espessura no centro da via e cerca de 10 a 14 centímetros nas laterais. É um trabalho de qualidade que servirá para preparar estes setores beneficiados, de um lado ao outro da cidade, para o período das chuvas", explica o secretário municipal de Obras, Paulinho Coelho.

A obra acontece em trechos onde foram executados, em gestões anteriores, serviços de recuperação de estradas pelo Fitha (Fundo de Infraestrutura, Transporte e Habitação). Porém, o serviço não foi aceito pelo Governo do Estado na época, que exigiu novo trabalho de encascalhamento conforme as normas técnicas da Seagri.

São sete trechos a serem alcançados pela obra. Seis desses, que somam 14,5 km, se estendem pela zona rural desde o Setor Vilhena até o Setor Pioneiro, enquanto outro trecho, de 4 km, fica perto da Embrapa, nas margens da BR-364, com autorização já emitida pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). Estes quase 20 km de patrolamento, nivelamento e encascalhamento envolvem também compactação, abertura de escoamento de água e correções da estrada, em geral.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias