Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 - 10:16 (Economia)

L
LIVRE

Saiba quando deve começar o Renda Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família

O programa deve contemplar mais de 50 milhões de brasileiros.


Imprimir página

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que o Bolsa Família deve ser incorporado ao Renda Brasil, novo programa de renda nacional que unificará diversos benefícios, como o Seguro Defeso, o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o abono salarial PIS/Pasep. O programa deve contemplar mais de 50 milhões de brasileiros.

A estimativa é que o novo programa já comece a realizar os pagamentos a partir do mês de novembro, se for aprovado em votação que deve ocorrer nas próximas semanas no Congresso Nacional. O Governo Federal prevê que os pagamentos do novo Renda Brasil girem em torno de R$ 250 e R$ 300 mensais. Para custear isto, o deverão ser criados novos impostos, nos moldes da Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF).

De acordo com Guedes, o novo Renda Brasil vai aproveitar o banco de dados do auxílio emergencial para identificar os futuros beneficiários do programa. O novo benefício vai liberar os valores para a população mais vulnerável, inclusive a cerca de 38 milhões de pessoas que estão cadastradas no auxílio emergencial.

Ainda segundo o ministro, há milhões de pessoas que vivem dos R$ 600 mas não preenchem o conceito de vulnerabilidade porque são trabalhadores informais, ou seja, é necessário que se encaixem em outro programa social. A ideia é atende-los por meio da Carteira Verde e Amarelo, programa que deve incentivar os trabalhadores a retomarem as atividades profissionais após pandemia do coronavírus.

Mais novidades sobre o início do Renda Brasil devem ser anunciadas nas próximas semanas.

Fonte: noticiasdemogi

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias