News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quinta-Feira, 03 de Dezembro de 2020

Livre

Detran Rondônia emitiu mais de 200 mil documentos de CRLV e CRV desde o início da pandemia em Rondônia

Coordenadoria Metropolitana de Trânsito de Porto Velho foi a que mais emitiu os referidos documentos, sendo 6.664 CRV e 16.250 CRLV, num total de 22.914
Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020 - 12:09

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Rondônia emitiu 224.297 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) e Certificado de Registro de Veículo (CRV), desde que o Governo do Estado decretou estado de Calamidade Pública em virtude da pandemia da Covid-19 em março deste ano, além de criação de ferramentas tecnológicas para oferecer atendimento aos usuários.

O diretor geral do Detran Rondônia, coronel Neil Aldrin Faria Gonzaga, disse que, com o advento da pandemia o órgão buscou novas formas de continuar atendendo a população e o resultado foi a emissão de 51.181 documentos de CRV e 173.116 de CRLV no período de 20 de março a 30 de julho, totalizando 224.297 documentos emitidos nesse período, sem mencionar outros atendimentos e também a criação de ferramentas tecnológicas para oferecer os atendimentos de forma segura, evitando a proliferação do coronavírus.

A Coordenadoria Metropolitana de Trânsito de Porto Velho foi a que mais emitiu os referidos documentos, sendo 6.664 CRV e 16.250 CRLV, num total de 22.914. Em segundo lugar vem a Ciretran de Cacoal, com 14.271 documentos emitidos, sendo 3.336 CRV e 10.935 CRLV e em terceiro lugar a Ciretran de Vilhena, com 3.507 CRV e 9.788 CRLV emitidos, totalizando 13.295.

Coronel Gonzaga destaca o trabalho dos servidores do Detran Rondônia no período da pandemia e apresenta resultados

Na modalidade Ciretran de segunda categoria, em primeiro está Espigão D´Oeste com 5.278 documentos emitidos, sendo 797 CRV e 4.481 CRLV. Em segundo lugar vem Alta Floresta com emissão de 791 CRV e 3.524 CRLV, num total de 4.315 documentos emitidos. Em terceiro está a Ciretran de Colorado D´Oeste com 715 CRV e 3.359 CRLV emitidos, totalizando 4.074 documentos.

Na modalidade Ciretran de terceira categoria a campeã de emissão foi a unidade do município de Buritis com 6.316 documentos emitidos, sendo 1.473 CRV e 4.842 CRLV. Em segundo lugar a Ciretran de Machadinho do Oeste, com 685 CRV e 2.961 CRLV, totalizando 3.646 documentos emitidos e em terceiro lugar a Ciretran de São Francisco do Guaporé com total de 2.641 documentos emitidos, sendo 604 CRV e 2.037 CRLV.

Na categoria Postos Avançados, em primeiro lugar está a unidade de Ji-Paraná do 2 Distrito com 3.156 CRV e 7.285 CRLV emitidos, depois vem o Posto Avançado da zona sul e em terceiro da zona leste, ambos de Porto Velho, 1.409 CRV e 5.466 e 2.484 CRV e 3.424 CRLV respectivamente.

Neil Gonzaga, disse que o resultado dos trabalhos realizados pelo Detran Rondônia nesse momento de dificuldade é a soma de esforços de todos os colaboradores do órgão, que não estão medindo esforços para continuar atendendo o usuário da melhor maneira possível, respeitando a legislação vigente em todas as esferas no tocante aos cuidados para evitar a proliferação da covid-19.

“Quero agradecer em nome do Governo do Estado a todos os servidores do Detran Rondônia que estão trabalhando de forma presencial no atendimento ao público ou de forma remota, pelo empenho e dedicação, o resultado está ai para todos verem”, afirmou o diretor Neil Gonzaga.

Desde que começou a pandemia no Estado, o Detran Rondônia está atendendo os usuários com prévio agendamento, que pode ser feito por e-mail ou telefone na unidade do órgão de cada cidade, a lista de contato está disponível na página do Detran https://www.detran.ro.gov.br/. O usuário que for solicitar atendimento no setor de Habilitação também pode usar o link https://agendaatendimento.detran.ro.gov.br/, “são ferramentas que foram disponibilizadas para facilitar o acesso do usuário aos serviços oferecidos pela autarquia”, destacou Gonzaga.

O Detran Rondônia desenvolveu um portal educacional para atender os Centros de Formação de Condutores (CFCs) que é muito prático e oferece a segurança necessária para garantir a lisura no cumprimento da carga horária das aulas teóricas on-line. A realização das aulas técnico-teóricas na modalidade de ensino remoto, para os CFCs mantém as atividades no período de pandemia que exige o afastamento social.

Após a deliberação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o Detran começou a trabalhar no desenvolvimento do portal de educação, que ficou pronto em tempo recorde e foi disponibilizado aos centros de formação de condutores no mês de maio para atender os usuários em todo o Estado.

 

Eleni Caetano

Fonte - Secom/gov-ro

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.