Terça-Feira, 04 de Agosto de 2020 - 17:02 (Política)

L
LIVRE

Waldemar Neto defende a economia criativa como saída para crise para artesãos

Em nossa Região há diversos artesãos que, com a pandemia que assolou o mundo inteiro se viram prejudicados.


Imprimir página

Preocupado com a situação desses trabalhadores informais o Vereador Waldemar Neto os convidou para uma reunião em seu Gabinete Virtual, na próxima quinta-feira, 06 de agosto, para dar voz a essa classe esquecida.

Diversos Artesãos em nosso município, que trabalham com a criatividade de repente estão sem renda, precisando se reinventar e usar a criatividade não só para produzir/criar, mas também para empreender em tempos difíceis.

O jovem Vereador acredita que a cultura que esses artesãos carregam é de extrema importância para nossa capital, e que é dever do município dar o suporte necessário para que estes possam se reinventar e com a economia criativa, tendo acesso à tecnologia digital, consigam não só retomar suas vendas aqui, mas também expandir os horizontes e sustentar suas famílias mesmo em tempos difíceis.

“A criatividade é necessária, mas também é preciso inovar e para isso temos que oferecer suporte para esses artesãos que até cinco meses atrás vendiam suas peças em feiras-livres, quiosques e outros lugares que agora estão fechados ou praticamente sem clientes, por isso quero ouvi-los e fazer o possível para dar o suporte necessário”, diz o vereador.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias