Quinta-Feira, 30 de Julho de 2020 - 10:58 (Política)

L
LIVRE

Pré candidata a Prefeita Cristiane Lopes concede entrevista à rádio CAARO da OAB

Sobre a saúde, a parlamentar lamentou as dificuldades que estamos enfrentando e destacou a burocracia no processo de licitação de medicamentos e insumos como um dos principais entraves desta área, atualmente.


Imprimir página

A vereadora e pré candidata a prefeita de Porto Velho, Cristiane Lopes (PP) concedeu entrevista ao Programa Bate Papo com o Direito, apresentado pelo Dr. Igor Habib e Edvaldo Souza, na Rádio e Redes Sociais da CAARO (Caixa de Assistência aos Advogados de Rondônia), onde tratou sobre diversos assuntos importantes para a cidade de Porto Velho, entre eles: a participação da mulher na política, saúde , transporte público, educação e turismo.

Sobre a saúde, a parlamentar lamentou as dificuldades que estamos enfrentando e destacou a burocracia no processo de licitação de medicamentos e insumos como um dos principais entraves desta área, atualmente. "Precisamos desburocratizar, as compras precisam ser realizadas de forma ágil. Contratar mais equipes médicas e ter os agentes de saúde, além de não deixar faltar medicamentos", enfatizou.

Com relação a educação, Cristiane Lopes afirmou que a Prefeitura deve dar melhores condições de trabalho e fornecer os materiais necessários para os servidores. "É dever da Prefeitura dar todas as condições necessárias para que as nossas crianças tenham uma educação de qualidade". A vereadora, fez um alerta com relação aos ônibus que foram adquiridos pela prefeitura para o transporte escolar rural. "O Executivo precisa agora encontrar a melhor forma para realizar a manutenção frequente desses ônibus, para que eles não acabem abandonados por falta de manutenção", afirmou.

Para o transporte coletivo, ela enfatizou que o processo de licitação precisa ser reiniciado e o trânsito da Capital reestruturado para que as empresas prestadoras deste serviço se interessarem em investir em Porto Velho.

A pré candidata a prefeita falou ainda sobre o turismo e que os portovelhenses precisam valorizar o que a cidade tem de melhor. "Vamos trabalhar em cima da pesca esportiva, e outras atividades que tem crescido nos últimos anos, incentivando a realização de campeonatos e outros eventos para atrair o público dos estados vizinhos", destacou.

Fonte: 010 - Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias