Sexta-Feira, 24 de Julho de 2020 - 16:24 (Coronavírus)

L
LIVRE

REFORÇO - Força-tarefa em Cacoal reforça atendimento no combate à Covid-19

De acordo com a Sesau, essa medida será tomada até a situação de atendimento médico se normalizar na II macro região do Estado de Rondônia.


Imprimir página

O Governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), enviou nesta sexta-feira (24), uma equipe médica com nove profissionais de saúde para auxiliar os atendimentos médicos no município de Cacoal. Essa força-tarefa faz parte de uma das medidas que estão sendo tomadas pelo Estado, para promover ações de apoio in loco, de enfrentamento à Covid-19.

De acordo com a Sesau, essa medida será tomada até a situação de atendimento médico se normalizar na II macro região do Estado de Rondônia. “Estamos com a missão de ajudar o município de Cacoal, que está com dificuldade de médicos. Sabemos que vários locais estão passando por dificuldade. Um grupo motivado foi ajudar e na próxima semana irá outro grupo, até que a situação se regularize. Estamos fazendo o melhor no Hospital de Campanha em Porto Velho e agora iremos ajudar os colegas de Cacoal”, explicou o coordenador do Hospital de Campanha em Porto Velho, Maxwendell Gomes Batista.

O secretário adjunto da Sesau, Nélio de Souza, disse que a ida dos médicos para Cacoal faz parte de um planejamento que foi traçado durante essa semana. “Por determinação do governador Marcos Rocha, fomos na terça-feira no município de Cacoal e tivemos uma reunião com os diretores do Hospital Regional de Cacoal e, ao retornar para Porto Velho, decidimos montar essa força-tarefa”.

A situação de enfrentamento da doença continua sendo acompanhada pelo governo estadual, que está atento ao controle da Covid-19 nos 52 municípios.

GUAJARÁ-MIRIM E SÃO MIGUEL

Todos os municípios do Estado, estão inseridos na ação Mapeia Rondônia, para ampla testagem da população e contenção da evolução de casos de Covid-19. Guajará -Mirim recebeu uma equipe de força-tarefa, onde foi montado um hospital de Campanha com 15 leitos clínicos e dois semi-UTI (Unidade de Terapia Intensiva), a obra foi executada dentro dos padrões de biossegurança. A estrutura está inserida no complexo hospitalar, que contempla também os hospitais Regional Perpétuo Socorro e o Bom Pastor.

A equipe técnica do governo orientou os profissionais de saúde quanto às diretrizes eficazes no enfrentamento à doença. Promoveu a capacitação das equipes: vigilância, atenção básica e hospitalar.

Oo município de São Miguel teve o fortalecimento da vigilância e a atenção primária à saúde, com orientações feitas pela equipe técnica da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e Sesau.

Além de designarem profissionais ao município para orientar quanto às atividades de enfrentamento à doença no município. A Sesau enviou medicamentos e testes rápidos para auxiliar no combate ao coronavírus.

Fonte: 010 - SECOM - GOV/RO

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias