Sexta-Feira, 24 de Julho de 2020 - 00:15 (Saude)

L
LIVRE

Entrega de monitores da JBS para UTI apoia combate à pandemia em Vilhena

Prefeitura recebeu os equipamentos que, junto de bombas infusoras ainda por chegar, permitirão expandir capacidade de atendimento


Imprimir página

Dois monitores multiparâmetros de sinais vitais foram entregues pela JBS para a Prefeitura de Vilhena nesta quarta-feira, 22, na Central de Atendimento à Covid-19. Os equipamentos são fundamentais para a instalação de novos leitos de UTI no local, a fim de aumentar a capacidade de atendimento para casos graves do novo coronavírus. 

O prefeito Eduardo Japonês esteve na entrega, realizada de forma reduzida em prevenção à disseminação do novo coronavírus, junto do secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick, do diretor geral do Hospital Regional de Vilhena (HRV), Faiçal Akkari e também da equipe da JBS, formada por Carlos Henrique da Silva, gerente de recursos humanos, Neybrano Santarem Pinto, gerente administrativo e Lessandro Menin Caprini, gerente industrial, bem como funcionários da empresa.

"Estamos recebendo mais uma doação, sendo essa a terceira apenas da JBS. Vamos receber ainda mais, na semana que vem e temos que sempre agradecer essas parcerias, pois a Prefeitura tem recebido muitas doações de empresas, da comunidade e de associações. Nosso esforço é diário e com essas ajudas, podemos lutar com mais força", explica Japonês.

Carlos revela que "na próxima semana serão entregues pela empresa 12 bombas infusoras. A ação faz parte de um programa de responsabilidade social da empresa. Temos prazer em contribuir com a cidade, onde atuamos há tanto tempo, neste momento tão difícil".

Segundo Afonso, os dois monitores multiparâmetros permitirão, após a chegada das bombas infusoras, que a Secretaria Municipal de Saúde coloque em funcionamento mais três leitos de UTI, indo para um total de 13 em operação na Central. "No momento temos uma taxa de ocupação baixa nestes leitos, mas, se for necessário, poderemos colocar mais leitos ainda em funcionamento", revela o secretário.

A JBS informa que destinará, em todo o país, R$ 400 milhões para combate da pandemia, a serem aplicados em três frentes de atuação de seu programa social: Saúde, Assistência Social e Ciência. A estimativa é que mais de 63 milhões de pessoas sejam beneficiadas com as ações.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias