Segunda-Feira, 20 de Julho de 2020 - 16:56 (Saude)

L
LIVRE

VACINA INFLUENZA - Campanha chega na última semana com baixa procura da terceira etapa

Imunização segue até 24 de julho com 40% das crianças, grávidas e puérperas vacinadas até agora


Imprimir página

Após ser prorrogada quatro vezes pelo Ministério da Saúde, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe deve ser encerrada na próxima sexta-feira (24) em todo o Brasil. Em Porto Velho, a baixa adesão do grupo prioritário da terceira fase é motivo de preocupação para a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa).

Crianças a partir de seis meses a menores de seis anos, puérperas, gestantes e adultos com idade entre 55 e 59 anos fazem parte do grupo previsto nesta última etapa da campanha. "Justamente as pessoas mais vulneráveis que menos procuraram. Isso é motivo de preocupação, pois estamos entrando no tempo seco, quando a fumaça e a poeira ajudam a aumentar os casos de problemas respiratórios, principalmente das nossas crianças que acabam necessitando de internação. E não queremos isso", alerta a secretária-adjunta e médica pediatra, Marilene Penati.

Conforme dados do Departamento de Imunização da Semusa, o município imunizou até o momento 85.968 pessoas, o que representa 82% de cobertura do público em geral. Já no grupo da terceira etapa os números são bem inferiores com 42% de cobertura das crianças, 46% de grávidas, 43% das puérperas e 61% de adultos entre 55 a 59 anos imunizados.

Segundo a gerente de Imunização da Semusa, Elizeth Gomes, a procura pela vacina aumentou na última semana, mas ainda abaixo do esperado. "Precisamos vacinar mais de 90% do nosso público, mas entramos na última semana da campanha com os números muito abaixo do que esperávamos", avalia.

Todas as unidades básicas de saúde estão preparadas para realizar a vacinação na população. Cada unidade estabeleceu sua rotina de trabalho de forma a atender melhor a comunidade local. Desde o dia 13 de julho a Semusa estendeu o benefício da vacinação para os demais públicos, porém priorizando o grupo da terceira fase.

"Pedimos que a população procure as unidades obedecendo as regras de segurança sanitárias como o uso de máscara, distanciamento nas filas, fazer uso do álcool em gel disponível nas unidades e evitar aglomeração. Alertamos que essa é a última oportunidade para quem ainda não se vacinou", finaliza Elizeth Gomes.

Fonte: 010 - Comdecom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias