Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020 - 20:00 (Polícia)

10
Não recomendado para menores de 10 anos

Motoristas de aplicativo são presos fazendo 'delivery' de drogas

Traficante usava arma de brinquedo para intimidar “clientes”


Imprimir página

Uma guarnição da Polícia Militar prendeu, na madrugada desta quinta-feira, 16, em Vilhena, dois motoristas de aplicativo por tráfico de drogas e posse de simulacro de arma de fogo.

De acordo com o registro da ocorrência, já era de conhecimento da guarnição que um motorista de aplicativo estaria traficando drogas e que havia recebido uma certa quantidade de pasta base de cocaína, que seria repassada para um revendedor.

Em acompanhamento ao motorista, foi flagrado o momento em que um jovem de 21 anos, morador do residencial Orleans, já conhecido no meio policial por outras infrações penais, pegou um invólucro dentro do carro.

Aos avistar a guarnição, o motorista do veículo Onix de cor branca empreendeu fuga em alta velocidade, porém, acabou sendo interceptado. Já o comprador correu para dentro do imóvel e arremessou o invólucro, que mais tarde foi comprovado se tratar mesmo de pasta base de cocaína.

Em revista pessoal, foi encontrado na roupa do suspeito um simulacro de arma de fogo, que ele acabou confessando usar para intimidar seus compradores. Com relação à droga, o jovem afirmou que havia acabado de adquirir de uma terceira pessoa, que é sócio do motorista que realizou a entrega.

Já o motorista do veículo, de 26 anos, afirmou que dirige durante a noite e seu sócio, que é dono do carro, dirige durante o dia. E que naquela noite, o proprietário pediu para que este pegasse a droga na residência dele e realiza-se a entrega flagrada pelos militares.

Diante dos relatos, os militares se dirigiram até a casa do proprietário do veículo, de 30 anos, que confirmou as informações narradas acima e inclusive, mostrou aos militares mais 200 gramas da mesma droga, que estavam guardadas em seu armário, juntamente com a quantia de R$ 1.339,00.

Com isso, os envolvidos receberam voz de prisão e foram apresentados na Delegacia Da Polícia Civil para o registro da ocorrência.

Fonte: 010 - folhadosulonline

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias