Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020 - 10:31 (Geral)

L
LIVRE

Bolsonaro faz dois exames cardíacos por dia para monitorar efeitos da cloroquina

Medicamento sem eficácia comprovada pode causar complicações no coração


Imprimir página

Apesar de defender veementemente a cloroquina, Bolsonaro está sendo cauteloso em seu uso para tratar da covid-19. Segundo o jornal O Globo, o presidente está fazendo exames de eletrocardiograma duas vezes ao dia para monitorar a frequência cardíaca.

A medida é uma orientação da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) para pacientes que usam a hidroxicloroquina no tratamento contra o vírus, já que a possibilidade de complicações cardíacas é elevada.

Além disso, o medicamento recomendado e tomado pelo presidente não possui nenhuma eficácia comprovada cientificamente no tratamento da enfermidade.

Ainda de acordo com o jornal o Globo, quatro servidores que trabalhavam junto a Bolsonaro, no terceiro andar do Palácio do Planalto, estão com suspeitas de Covid-19. Segundo o jornal todos foram afastados.

Além disso, parte da equipe de assistência ao presidente que trabalha no gabinete presidencial foi transferida para o Palácio da Alvorada para “facilitar as atividades” junto a Bolsonaro.

Fonte: Correio 24 Horas

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias