Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020 - 10:29 (Geral)

L
LIVRE

PANDEMIA: Após ofício de Cristiane Lopes, MP determina transparência da Prefeitura

No documento o MP/RO concedeu o prazo de cinco dias para que a Prefeitura atualize o site e encaminhe as afirmações sobre as medidas adotadas.


Imprimir página

O Ministério Público de Rondônia acatou a sugestão da vereadora Cristiane Lopes (PP) e encaminhou ofício, no último dia 01, ao Prefeito Hildon Chaves, em que o orienta que realize a imediata correção, no Portal da Transparência da Prefeitura, de todos os gastos e demais dados em relação ao combate do coronavírus (covid-19).

No documento o MP/RO concedeu o prazo de cinco dias para que a Prefeitura atualize o site e encaminhe as afirmações sobre as medidas adotadas.

O órgão também levou em consideração a divulgação de Ranking em Transparência de capitais brasileiras, com relação aos gastos com o combate à Pandemia, onde o Município de Porto Velho aparece em último lugar.

O ofício n° 48/2020, foi encaminhado pela vereadora Cristiane Lopes ao Ministério Público no dia 10 de junho, requerendo que o órgão cobrasse mais transparência do Executivo Municipal, solicitando cópias dos processos de aquisição de máscaras, álcool em gel, luvas, respiradores, e outros insumos, além de todas as medidas que estão sendo adotadas pelo município neste periodo de enfrentamento a Pandemia.

A Parlamentar também solicitou auxílio do MP para recomendar que o Executivo disponibilize nas Unidades de Pronto Atendimentos – UPAs, testes para Covid-19, bem como as medicação utilizadas no tratamento, para que sejam entregues imediatamente após o paciente testar positivo para o novo Coronavírus.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias