Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020 - 11:48 (Colaboradores)

L
LIVRE

Lenha na Fogueira: Live Arraial Flor do Maracujá Virtual

Ontem a Sejucel através de seu superintendente Jobson Bandeira, liberou através de oficio, a utilização dos vídeos pela produção do Arraial Flor do Maracujá Virtual.


Imprimir página

Mais de 40 lives serão apresentadas, a partir do dia 16 deste mês, diretas do Mercado Cultural.


Graças a iniciativa da Funcultural de Porto Velho, que se comprometeu e com certeza, vai disponibilizar o aparato técnico para a transmissão das lives.


A equipe da Funcultural estará dando todo apoio aos artistas selecionados para apresentarem lives, inclusive com cenário que será montado no interior do Mercado Cultural.


O sorteio que definiu a ordem de apresentação, aconteceu na tarde de ontem 02, com transmissão ao vivo, via face da Funcultural.


Em obediência a portaria nº 11 de 29 de junho, o Projeto da Funcultural só vai começar no dia 16 deste mês de julho.


O Grupo de Boi Bumbá Diamante Negro foi sorteado para abrir as lives no dia 16, seguido do grupo de Capoeira da Fecaron e a dança do Moisés Menezes.


No segundo dia de apresentação das lives, vamos curtir os shows do Grupo de Pagode Mistura Brasileira; seguido do sertanejo Henrique Araújo e do instrumental Rose & Nicodemos.


Por falar nisso, a Sejucel, liberou os vídeos dos grupos que se apresentaram no Arraial Flor do Maracujá do ano passado.


Acontece, que alguns grupos, optaram em enviar à Federon, suas apresentações do ano passado, gravadas pela Sejucel.


É que a empresa que está editando os vídeos, que serão apresentados no Arraial Flor do Maracujá Virtual, uma iniciativa da Federon/Unajup, comunicou à direção das entidades produtoras do evento, que para utilizar os vídeos produzidos pela Sejucel, era necessária autorização por escrito da Superintendência.


Ontem a Sejucel através de seu superintendente Jobson Bandeira, liberou através de oficio, a utilização dos vídeos pela produção do Arraial Flor do Maracujá Virtual.


A direção da Federon leia-se presidente Fernando Rocha, me ligou, solicitando que publicasse nesta coluna, agradecimentos ao superintendente da Sejucel Jobson Bandeira e a Coordenadora de Cultura Carmélia, pela compreensão.


Taí o agradecimento Fernando Rocha, que depois de nem sei quantos pleitos, este ano, não vai ser candidato a vereador.


Por falar em eleição, a deste ano foi transferida de outubro para novembro. Aliás, voltamos ao tempo de Arena & MDB quando as eleições eram realizadas no dia 15 de novembro.


Voltando as lives que serão apresentadas a partir do dia 16, diretamente do Mercado Cultural.


O segmento musical que mais vai contar com representantes, é o segmento do rock'n'roll, seguido do Samba & Pagode.


Do pessoal do samba temos o Toninho Tavernard, Reginaldo Makumbinha, Silfarney Silva, Louro Rodrigues entre outros.


Com o apoio cultural do gabinete do vereador Valdemar Neto o Flor do Maracujá Virtual, está deixando os folcloristas ouriçados. Ta parecendo até com o Arraial Presencial, é um corre sem sair de casa, na expectativa de que seu grupo vai ser o mais visualizado, no dia da sua live, no Flor do Maracujá Virtual.


Eu, como não estou nem aí, se meu grupo Boi Bumbá Corre Campo vai ou não conseguir um bom índice de visualização, no dia de sua apresentação 18 de julho.


Apenas posso garantir, que o show que a direção do Corre Campo escolheu, é uma, se não a melhor apresentação do Gigante Sagrado nos últimos dez anos.


Enquanto isso, o governo estadual não sabe pra onde correr, para um lado, tem os deputados ameaçando trancar a pauta de votação na Ale caso o governador não volte atrás, quanto a recomendação do fechamento do comercio, em vários municípios. O presidente da ALE é que mais está "invocado", com a determinação do governador, pois, um dos municípios que fazem parte das proibições é o seu reduto eleitoral Ji Paraná.


Por outro lado, são as entidades representantes, da categoria da saúde médicos, enfermeiros etc. que indicam que só com o isolamento, mesmo que seja restritivo, vamos vencer o avanço do novo coronavírus.


Uma coisa é certa, todos somos responsáveis, pelo combate ao novo coronavírus. Ficar em casa, é o melhor remédio e se por acaso tiver que sair, não esquecer de usar máscara, lavar as mãos com água e sabão e usar álcool em gel.


O resto é live!

Fonte: Zé Katraca - NewsRondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias