Livre

Direitos de ser e direitos de ter: UNICEF promove uma s閞ie de encontros virtuais sobre os desafios dos povos ind韌enas

ssa s閞ie articulada com os projetos de hist髍icos de vida dessas popula珲es, os direitos territoriais, de sa鷇e, lingu韘ticos, culturais e o bem viver como horizonte de qualidade de vida.
Terça-Feira, 30 de Junho de 2020 - 15:01

O UNICEF promove, a partir do próximo dia 1º de julho, uma série de webinários "Direitos de Ser e Direitos de Ter: os desafios dos povos indígenas no cenário de pandemia e pós-pandemia", visando elaborar estratégias conjuntas, intercomunitárias e interinstitucionais para promoção e garantia dos direitos educacionais indígenas. Essa série é articulada com os projetos de históricos de vida dessas populações, os direitos territoriais, de saúde, linguísticos, culturais e o bem viver como horizonte de qualidade de vida.

Participam do primeiro webinário Eliel Benites, do povo Guarani Kaiowá, docente da Faculdade Intercultural Indígena, da Universidade Federal da Grande Dourados (Faind/UFGD); Elizângela da Silva Costa, do povo Baré, coordenadora do Departamento de Mulheres Indígenas do Rio Negro, da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn); Mário Nicácio, vice-presidente da Confederação dos Povos Indígenas da Amazônia Brasileira; e, pelo UNICEF, Ítalo Dutra, chefe de Educação do UNICEF no Brasil, e Anyoli Sanabria, coordenadora do Território Amazônico.

A série conta com a parceria da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), do Conselho Tradicional Guarani e Kaiowá Aty Guasu (Atyguasu), da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab), da Organização dos Professores Indígenas do Acre e do Conselho de Educação Escolar Indígena do Amazonas.

O tema a ser discutido nesse primeiro encontro. No dia 16 de julho, será a vez do debate sobre "Territorialidade, Saúde e Educação Indígena". O dia 3 de agosto será dedicado ao debate da Educação Escolar Indígena, com o tema "Da Educação Básica ao Ensino Superior: criatividades próprias, pedagogias diferenciadas e definição dos projetos educacionais".

Além do debate central, a série de encontros tem por objetivos aproximar ao cotidiano do UNICEF as populações indígenas no território brasileiro, seus desafios locais e estratégias conjuntas de superação, na constituição de bases interculturais, específicas e diferenciadas para o desafio institucional "Um UNICEF para cada criança", e propor subsídios para pactuações de ações promovidas pelo UNICEF com os governos municipais e estaduais em seu Programa de País, visando à plena garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes indígenas no Brasil.

Sobre a série de webinários:
1º de julho, às 10h: youtube.com/UNICEFBrasil

Fonte - Assessoria

Comentários

News Pol韈ia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.