Quinta-Feira, 25 de Junho de 2020 - 09:50 (Coronavírus)

L
LIVRE

Prefeitura de Porto Velho monitora pacientes diagnosticados com Covid-19

Objetivo é saber o estado clínico do paciente que está sendo tratado domiciliarmente e mapear as necessidades de cada caso


Imprimir página

A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), mantém o serviço de monitoramento das pessoas que testaram positivo para a Covid-19 e passaram por triagem pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde – CIEVS, a vigilância epidemiológica.

De acordo com Ivonete Ferreira, gerente da Vigilância Epidemiológica da Semusa, o objetivo é conhecer o estado clínico do paciente que está sendo tratado domiciliarmente e mapear as necessidades de cada caso para que sejam tomadas as devidas providências, até que o paciente esteja curado.

As principais dúvidas dos pacientes são sobre os medicamentos a serem prescritos pelo médico, o exame e o resultado. O trabalho de acompanhamento está sendo feito desde o início da pandemia e conta com uma equipe de mais de dez profissionais no Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), divididos em vários setores.

A Vigilância está executando ações de acompanhamento e mantendo a comunicação com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e autoridades da saúde para obter diretrizes de desdobramento para o combate da doença. O DVS garante que sejam notificados os casos confirmados, investigados e monitorados, para avaliação de risco, conforme Plano de Contingência Estadual e Estratégia de Gestão de Risco do Ministério da Saúde.

O Departamento está monitorando até que haja a cura da doença, encerrando todos os casos suspeitos, expedindo os resultados dos exames de PCR e teste rápido para os usuários que solicitam.

São realizados e divulgados diariamente o painel com as informações sobre o número de casos confirmados e óbitos. Outra ação é a de informar de imediato e orientar às Unidades de Saúde da Família, da zona rural e ribeirinha, os casos confirmados ocorridos nos respectivos distritos da área de cada USF.

O Departamento encaminha semanalmente ao banco de dados os casos, por bairros e na zona urbana e rural. São elaborados e divulgados boletins epidemiológicos com periodicidade semanal para atualização da situação epidemiológica para as ações de enfrentamento.

Diariamente é feito contato com as instituições hospitalares públicas e privadas para garantir a realização de todas as notificações dos pacientes internados. Também é realizado controle diário na rede hospitalar a fim de garantir que os casos de óbitos sejam inseridos no banco de dados.

Também é feita fiscalização e orientação junto as empresas de ônibus com salas no terminal rodoviário, quanto ao cumprimento dos decretos de Calamidade Pública (Estaduais e Municipais), relacionados ao transporte de passageiros em viagens intermunicipais.

Em caso de sintomas, o cidadão deve entrar em contato com o Call Center da Semusa pelo número: 0800 647 5225 para que receba as devidas orientações.

Fonte: Comdecom

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias