Quinta-Feira, 25 de Junho de 2020 - 09:36 (Polícia)

L
LIVRE

Deputado Anderson destaca ação da Sejus na inclusão de servidores no recebimento do auxílio pandemia e lamenta mortes de policiais penais vítimas da Covid19

O deputado destaca que os pacientes necessitam de atendimento seguro e eficiente, onde isso se inicia pelos profissionais, que devem estar de forma adequada no desempenho das funções.


Imprimir página

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS), encaminhou requerimento ao Governo do Estado de Rondônia com cópia a Secretaria de Estado da Saúde (SESAU), onde questiona sobre denúncias de possível falta de equipamentos de proteção individual (EPIs), no hospital João Paulo II e cobra solução, para que venha resguardar a saúde de pacientes e dos trabalhadores, que estão expostos a contaminação da COVID19 – novo Coronavírus.

O deputado Anderson tem recebido uma série de informações dando conta da falta dos equipamentos, que tornaram-se peça fundamental para evitar contaminação em meio a pandemia que o mundo atravessa, principalmente nas unidades de saúde durante intensas jornadas de trabalho.

Os profissionais que atuam na linha de frente, que lidam diretamente com pacientes ou ambientes contaminados correm sérios riscos de contraírem o coronavírus ou qualquer outra patologia, levando consigo uma probabilidade muito grande de infectar familiares, sendo assim a importância do equipamento, que venha diminuir o risco.

Anderson Pereira que explicação do executivo e secretaria de saúde sobre circunstâncias que possam estar levando a falta de disponibilidade dos EPIs aos servidores, para que sejam adotadas medidas urgentes, que venham sanar o possível problema.

O deputado destaca que os pacientes necessitam de atendimento seguro e eficiente, onde isso se inicia pelos profissionais, que devem estar de forma adequada no desempenho das funções. Em todo estado é grande o número de servidores da saúde infectados pela COVID19 e caso isso continue, o risco de um colapso na saúde é eminente, pois vai resultar em uma baixa grande no efetivo. Desta forma o parlamentar, que que os órgãos competentes busquem meios de resolver a problemática.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias