Quarta-Feira, 24 de Junho de 2020 - 12:48 (Colaboradores)

L
LIVRE

Lenha na fogueira: Live a história do Boi Bumbá em Porto Velho

Hoje a partir das 19 horas


Imprimir página

Chegou o dia! Hoje a partir das 19 horas, estarei realizando minha primeira live ao vivo e logo de cara, resolvi contar a história do Boi Bumbá em Porto Velho.


Pois é, a brincadeira foi apresentada pela primeira vez em Porto Velho, justamente no dia 24 de junho, dia de São João do ano de 1920.


Hoje festejamos os Cem Anos dessa primeira apresentação que na realidade aconteceu na Vila de Santo Antônio.


O fato foi registrado na edição do dia 24 de junho de 1920, do Jornal Alto Madeira, através da seguinte nota: "Hoje tem folguedo na Vila de Santo Antônio, um grupo de jovens vai apresentar pela primeira vez a "Brincadeira do Boi Bumbá Sete Estrelas".


É claro que durante a live cantarei e contarei a história de algumas toadas, que eram apresentadas pelos Amos ao longo desses Cem Anos.


Na realidade, até os Bois Garantido e Caprichoso de Parintins passarem a se apresentar de maneira diferente da brincadeira praticada pelos demais Bois existentes na Amazônia em meados dos anos de 1980.


O que se cantava como toada, eram apenas uma estrofe da música ou toada. Exemplo: "La vai, la vai, la vai. La vai queremos ver. La vai Boi Sete Estrelas fazendo a terra tremer...".


Daí pra frente o que os Amos faziam, era improvisar versos que hoje são chamados de desafio.


Toada mesmo, com arranjo executado por verdadeiras Bandas, começou pra valer, a partir da construção do bumbódromo de Parintins e então, todos os grupos de bumbás da Amazônia passaram a se apresentar com toadas próprias, ou seja, compostas exclusivamente para suas apresentações.


Em Rondônia em especial em Porto Velho, não foi diferente. Quando comecei a brincar Boi Bumbá ainda era na base do verso de improviso.


No final da década de 1980, foi que o Garcia Neto que é casado com minha prima Ilza Dias foi passar férias em Silver uma cidade amazonense próxima a Parintins e na ao regressar trouxe uma fita cassete com toadas dos bois Garantido e Caprichoso, me presentou dizendo: "Silvio olha como os bois de Parintins estão fazendo suas toadas". Daí então passei a compor minhas toadas mais ou menos na mesma pulsação.


Isso tudo você vai conhecer durante a apresentação da minha live a partir das 19 horas de hoje. Acessa facebook.com/silvio.santos.9028.


Mercado Cultural abre as portas no dia 04 de julho.


Na manhã desta terça-feira, dia 23, a equipe técnica da Fundação Cultural (Funcultural) e os permissionários realizaram mutirão de limpeza e higienização no Mercado Cultural de Porto Velho para o retorno das atividades gastronômicas.


A data está prevista para o dia 04 de julho, com uma das combinações brasileiras mais tradicionais para curtir aos sábados, a Feijoada com Samba. Na sequência, dia 05, tem Café Nordestino.


"Em virtude a pandemia, essa data poderá ser prorrogada", enfatizou o presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes, acrescentando que em primeiro lugar está a segurança dos visitantes.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias