Terça-Feira, 23 de Junho de 2020 - 15:02 (Coronavírus)

L
LIVRE

Agevisa renova orientação para empresas e usuários do transporte coletivo em Rondônia

Nota visa orientar empresas e usuários sobre medidas de prevenção à Covid-19


Imprimir página

Atento aos riscos de contaminação em maior escala no âmbito do sistema de transporte coletivo, o Governo de Rondônia divulgou nesta terça-feira (23), mais uma vez, um conjunto de medidas de prevenção e controle baixadas através da Nota Técnica nº 1/2020, pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), para orientar as empresas do sistema e os usuários do transporte coletivo de Rondônia quanto ao combate da Covid-19.

A Agência rondoniense faz lembrar que o serviço de transporte coletivo foi suspenso desde a decretação das medidas de isolamento restritivo, e flexibilizado em seguida. Entretanto, diante do quadro que resiste às medidas de controle, com a proliferação de novos casos de Covid-19 diariamente, o Governo de Rondônia optou por intensificar junto aos gestores das empresas e aos usuários do transporte coletivo, a adoção de medidas de prevenção e proteção, como meio para evitar a disseminação do coronavírus.

Para a Agevisa, neste momento é preciso que todos colaborem e esforcem para evitar aglomerações, principalmente nos pontos de ônibus mais movimentados e sujeitos ao contágio da doença, onde também será intensificada a fiscalização dos técnicos da Agevisa. “Estamos atuando com as melhores práticas de saúde pública”, disse Ana Flora Gerhardt, diretora da Agência, destacando que essas ações seguem os protocolos do Ministério da Saúde (MS), da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) e a orientação do governador Marcos Rocha, de fazer o melhor em esforços para conter o avanço da doença no Estado.

ORIENTAÇÕES DA AGEVISA

A Nota Técnica é explícita em relação à limpeza dos ônibus. A orientação é de que após cada viagem (rota), o ônibus deverá voltar à garagem para ser limpo e desinfetado. Por este protocolo, a limpeza deve ser feita com água e sabão neutro ou desinfecção com álcool 70%. A prioridade é para área do motorista, o volante, câmbio de marcha, assento e cinto de segurança, pontos que deverão ser limpos com água e sabão e, em seguida, desinfetados com álcool 70%. A mesma orientação e protocolo se aplica às paredes e superfícies (bancos e poltronas) dos ônibus, móveis e objetos.

Nesta mesma linha, as empresas deverão disponibilizar aos passageiros do transporte coletivo, por meio de banner, cartazes, e outros meios, informações de forma clara e de fácil acesso sobre etiqueta respiratória e prevenção do coronavírus. A Nota Técnica informa também que, em caso de dúvidas, o MS conta com o serviço Disque Saúde, por meio do telefone 136. Para obter maiores informações sobre o novo coronavírus (Covid-19), pode-se acessar o sítio eletrônico do MS, através do endereço https://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus.

Aos passageiros (população) a Agevisa orienta a adoção de hábitos de etiqueta respiratória – cobrir nariz e boca com lenço descartável ou braço ao tossir ou espirrar; descartar lenços de papel em lixo apropriado; higienizar as mãos sempre ao deixar o transporte coletivo e ao chegar em casa, antes de realizar qualquer outra atividade; não levar a mão aos olhos, boca e nariz, e usar máscara. O pleno teor do documento e o conjunto das orientações da Agevisa podem ser acessados na Nota Técnica nº 1/2020.

 

Cleuber Rodrigues Pereira

Fonte: Secom/gov-ro

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias