Domingo, 21 de Junho de 2020 - 15:58 (Polícia)

14
Não recomendado para menores de 14 anos

Policial militar do Acre reage assalto e mata bandido em flutuante

O caso aconteceu na entrada do Ramal Linha do Ibama, próximo ao distrito de Jaci-paraná, em Porto Velho.


Imprimir página

Um policial militar do estado do Acre matou um bandido ainda não identificado no final da noite de sábado (20), durante um assalto que aconteceu em um flutuante localizado na entrada do Ramal Linha do Ibama, próximo ao distrito de Jaci-paraná, em Porto Velho.

Conforme detalhes de informações repassadas pelas vítimas, cerca de três homens armados chegaram no flutuante anunciaram o assalto, onde mantiveram por pelo menos duas horas as pessoas em cárcere privado e um dos criminosos roubou uma caminhonete e saiu sentido rumo a Guajará-mirim no intuito de poder atravessar o veículo para a Bolívia. A todo instante as vítimas eram ameaçadas de morte se caso reagissem e que só iriam ser soltas após o suspeito atravessar a caminhonete. Um bandido que estava com um revólver resolveu fazer uma vistoria onde estavam as bolsas das vítimas e nesse momento o policial temendo o pior reagiu e pegou sua pistola e atirou três vezes contra o suspeito que foi baleado na cabeça e o outro saiu correndo tomando rumo ignorado.

Rapidamente a Polícia Militar foi acionada e ao chegar no local constatou que um dos suspeitos já estava sem vida. Uma guarnição que estava fazendo diligências pela região localizou um acidente onde a motorista de um carro modelo Gol branco capotou após cair de uma ribanceira. Ela relatou que teria sido parada por um elemento que disse que havia sofrido um acidente e que precisava chegar até a Rodovia, mas durante o trajeto ele teria anunciado o assalto. Ela ficou nervosa e perdeu o controle da direção sofrendo o capotamento.

A mulher identificada como Magda Oliveira Matos, 46 anos, foi levada até o local e a todo momento entrando em contradições e quando chegou e viu o bandido morto entrou em desespero de choro como se o conhecesse.

As vítimas relataram que um dos suspeitos sempre estava a falar com alguém ao celular e pedindo apoio para a fuga. Carro esse que já estava sendo investigado pelos policiais de Nova Mutum por ser usado em vários roubos na região. A caminhonete roubada das vítimas no flutuante foi recuperada em Nova Mamoré, mas o bandido conseguiu fugir.

A perícia criminal esteve no local e o corpo do suspeito não identificado foi levado para o Instituto médico-legal e a mulher recebeu voz de prisão e foi levada para Central de Polícia para as providências que o caso requer.

Fonte: News Rondônia

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias