COMO OBTER O AUXÍLIO EMERGENCIAL NAS AGÊNCIAS DOS CORREIOS

Confira!
Terça-Feira, 16 de Junho de 2020 - 11:06

1)O que é o serviço?

É a realização da atividade de cadastramento e, em um segundo atendimento, a consulta do resultado da análise de concessão do benefício ao Programa de Auxílio Emergencial. É gratuito e está disponível em todo território nacional.

2) Qual o público da ação?

A parceria entre o Ministério da Cidadania e os Correios busca atender a população mais vulnerável, sem acesso a meios digitais, que ainda não conseguiu solicitar o Auxílio Emergencial.

3) Quem poderá realizar o cadastro e a consulta?

Somente o TITULAR, portando os documentos necessários.

4) Qual a documentação Obrigatória?

Documento Oficial com foto (Original ou cópia autenticada) e CPF do TITULAR.

5) Quais as informações Obrigatórias?

O TITULAR deverá informar o seu CPF e dos membros da família que vivem da mesma renda e tem vínculo parentesco, conforme os graus estipulados pelo Ministério da Cidadania. Dados da conta bancária em nome do beneficiário TITULAR.

Observação: Para os que não são bancarizados, será aberta uma Conta Social Digital pela Caixa, caso o cadastro seja aprovado. Deverá ser apresentado um documento de identificação (RG, CNH, Passaporte, CTPS, Registro Nacional de Estrangeiros – RNE e Cédula de Identidade do Estrangeiro - CIE) e as informações do documento serão lançadas no sistema para que a Caixa proceda com a abertura da Conta Social Digital.

6) A pessoa recebe algum tipo de comprovante que está cadastrada no programa?

Sim, o recibo do atendimento nos Correios com a informação de cadastro.

7) Previsão de quantas pessoas serão atendidas no Brasil?

A expectativa é realizar até 27 milhões de atendimentos.

8) Todas as agências estão prestando o serviço?

Mais de seis mil agências da empresa, presente em todos os municípios do país, estão habilitadas a fazer o cadastramento de quem precisa do benefício.

Na página dos Correios, no sistema Busca Agência, é possível obter informações sobre as unidades abertas ao público. A grande maioria dos pontos de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

LINK: http://www2.correios.com.br/sistemas/agencias/

9) O requerente precisa de um número de celular para fazer o cadastramento?

Não é necessário.

10) Após o cadastramento, como o requerente fica sabendo se o auxílio foi liberado?

Após o prazo determinado pela Dataprev para a conclusão da análise, aqueles usuários que não possuem acesso aos canais digitais (site e telefone) poderão retornar aos Correios para consultar o resultado da análise do pedido (aprovado ou negado, com os motivos da negação).

O beneficiário pode acompanhar a solicitação e tirar dúvidas sobre o pagamento no endereço e pelo telefone 121 - Ouvidoria Ministério da Cidadania 

11) Quais situações um cadastro pode não ser efetivado?

Caso não seja possível concluir o atendimento, a plataforma informará o motivo do não cadastramento apresentado na tela.

O sistema critica somente o CPF. Se o problema for as informações erradas, o usuário deve apresentar os dados corretos. Se for por motivo de já estar cadastro, deverá acompanhar o status da solicitação nos canais da Caixa. Para esses usuários, o 2º atendimento (Consulta do resultado da análise) não poderá ocorrer nos Correios, pois o 1º atendimento (cadastro) não foi realizado nos Correios.

12) O que fazer caso o cadastro seja aprovado?

O usuário será direcionado aos canais de pagamento da Caixa (APP ou Agências da Caixa). Os Correios não farão o pagamento e não terão acesso às informações dos canais disponibilizados pela Caixa para efetivação do pagamento.

Para os que não são bancarizados, será aberta uma Conta Social Digital na Caixa, caso o cadastro seja aprovado. Para abertura de conta deverá ser apresentado um documento de identificação (RG, CNH, passaporte, CTPS, Registro Nacional de Estrangeiros – RNE e Cédula de Identidade do Estrangeiro - CIE). O cidadão receberá um protocolo de cadastro ao final do atendimento.

O beneficiário pode tirar dúvidas sobre o pagamento no endereço https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta/# e pelo telefone 121 - Ouvidoria Ministério da Cidadania

13) E se a solicitação, após o cadastramento, seja negada?

Caso retorne o status de análise do benefício negado, o requerente receberá um comprovante com essas informações impressas, após a conclusão do atendimento.

14) Como os Correios se preparam para prestar este serviço?

Os empregados da rede de atendimento receberam treinamento.

Em atenção à saúde de seus profissionais e do público, os Correios adotaram medidas de proteção para evitar o contágio pelo novo coronavírus. Além do trabalho remoto por empregados classificados como grupo de risco, há controle do fluxo de atendimento e organização dos clientes para manter a distância recomendada.

Existem ainda reforço nos procedimentos de limpeza e cuidados extras de higiene, além de métodos para evitar o contato físico, como a desativação de totens de senhas e o não compartilhamento de objetos. Com o intuito de evitar aglomerações, foi estabelecido um calendário para a solicitação do cadastro do Auxílio Emergencial nas agências, conforme o mês de nascimento do cidadão:

*Segunda-feira*: nascidos em janeiro e fevereiro;

*Terça-feira*:nascidos em março e abril;

*Quarta-feira*: nascidos em maio e junho;

*Quinta-feira*: nascidos em julho, agosto e setembro;

*Sexta-feira*: nascidos em outubro, novembro e dezembro.

15) Há alguma canal de atendimento dos Correios para consulta e mais informações?

Os cidadãos podem ligar na Central de atendimento dos Correios:

* 3003 0100 - ligações de celular

* 0800 725 0100 e 0800 725 7282 - ligações de telefone fixo

* 0800 725 0898 - Deficiente Auditivo

No site dos Correios, além de informações sobre o cadastramento, os cidadãos também podem tirar dúvidas na página do Fale Conosco: http://www.correios.com.br/fale-com-os-correios/central-de-atendimento e no atendimento via chat: https://www.correios.com.br/chat/

16) Até quando os Correios realizarão este serviço?

A parceria com o Ministério da Cidadania possui vigência de 3 (três) meses, podendo

ser prorrogada por períodos consecutivos.

ALERTAS:

1. Por determinação da Dataprev, não é possível fazer o cadastramento caso o sistema esteja inoperante;

2. Não haverá pagamento do benefício nos Correios;

3. Aos Correios são delegados tão somente os serviços de cadastramento e consulta do resultado da análise. As análises, aprovações, reprovações, se for o caso, serão realizadas pelos órgãos governamentais competentes, segundo as regras por eles definidas;

4. Apesar de serem utilizados os sistemas dos Correios para dar início à prestação dos serviços, toda a operacionalização é realizada no sistema webservice da Dataprev;

5. O 2º atendimento de consulta ao resultado da análise se dará após o prazo determinado pela Dataprev para a conclusão da análise;

6. O serviço de consulta ao resultado da análise nas agências dos Correios estará disponível somente para os usuários que fizeram o 1º atendimento de cadastro nos Correios.

Fonte - Assessoria

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.