GOLPE: BILIONÁRIO DONO DA HAVAN TEVE AUXÍLIO DE R$ 600 APROVADO

Estelionatários usaram dados do bilionário dono da rede de lojas Havan
Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020 - 09:20

Mais uma vez, o programa do auxílio emergencial de R$ 600 é posto em xeque. Alguns dias depois do filho do apresentador William Bonner aparecer entre os beneficiários do programa, o bilionário Luciano Hang, dono da Havan, também aparece.

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, é um dos 55 milhões de beneficiários do auxílio. Ele é um dos bilionários do Brasil listados pela revista Forbes. Mais uma vez, a aprovação do bilionário mostra as falhas de segurança no sistema de concessão do auxílio. E mostram também a fragilidade dos bancos de dados usados para análise.

O CPF do empresário, que é aliado do presidente Jair Bolsonaro, foi usado por estelionatários. O empresário tomou conhecimento de que seu nome estava entre os beneficiários apenas nesta terça-feira, 2 de junho, quando seus dados pessoais foram vazados pelo grupo de hackers Anonymous.

Grupo de hackers tentaram usar o nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe de Luciano Hang para fazer o cadastro no auxílio emergencial. Entretanto, ao preencher esses dados, o sistema da Caixa informou que o bilionário não apenas já estava cadastrado, como também já recebeu a primeira parcela de R$ 600.

Em nota, o empresário condenou o vazamento de informações e pediu investigação por parte da Polícia Federal, tanto pelo vazamento de seus dados pessoais quanto pelo cadastro indevido de seu nome no auxílio de R$ 600.

O auxílio emergencial foi criado para beneficiar os trabalhadores mais vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus. Ele é voltado para trabalhadores informais, autônomos, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs).

Fonte - Natalia Marinho / Noticias Concursos

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.