Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020 - 15:43 (Coronavírus)

L
LIVRE

MAURO NAZIF PARTICIPA DE ENTREGA DE 100 MIL TESTES DE EXAME PARA COVID-19 E COBRA AÇÃO DO GOVERNO DE ESTADO

As 100 mil unidades de testes rápidos para detecção do coronavírus chegaram por meio de emenda da bancada federal, no valor de R$ 11 milhões e serão distribuídas para os 52 municípios do estado de Rondônia.


Imprimir página

Na quarta (27), o deputado federal Mauro Nazif (PSB - RO) participou de entrega de 100 mil testes de exame para o coronavírus, na sede da Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia – AGEVISA/RO, junto com o Governador, Coronel Marcos Rocha, o Secretário de Saúde, Fernando Máximo, a deputada federal Mariana Carvalho (PSDB - RO), e os deputados estaduais Chiquinho da Emater, Ismael Crispin e  Ezequiel Neiva em Porto Velho.

As 100 mil unidades de testes rápidos para detecção do coronavírus chegaram por meio de emenda da bancada federal, no valor de R$ 11 milhões e serão distribuídas para os 52 municípios do estado de Rondônia.

Durante o evento, em nome da bancada federal Nazif expressou preocupação com os municípios e o estado de Rondônia no enfrentamento ao coronavírus, e pediu cooperação. "O momento hoje é de somatório, do governo federal, estadual e municipal, tem que ter ação conjunta. E aqui me preocupa dois municípios que hoje passam por situações muito delicadas. Em Guajará-Mirim, de cinquenta testados positivos, tem-se vinte casos de óbitos, talvez o maior número de óbitos do mundo, proporcionalmente. Então pedimos a interferência do governo do estado lá, assumam Guajará. O outro município é Porto Velho, que segundo os números, está com quase 90% de ocupação dos seus leitos de UTIs tanto na rede pública quanto privada. Assim como as enfermarias destinadas ao atendimento do covid-19, estão praticamente lotadas. Então temos que agir!", falou Nazif, dirigindo-se ao governador Marcos Rocha.

Mauro falou ainda sobre a valorização dos profissionais da saúde, em meio a grave crise na saúde, por conta da pandemia do coronavírus, "Vamos olhar para os profissionais da saúde, são esses soldados que estão sendo abatidos, eles e suas famílias. Eles merecem receber reajuste salarial, apoio psicológico e condições seguras de exercer o seu trabalho. Façam acontecer o que foi dado a outras categorias, ter um plano de carreira. Vamos valorizar esses servidores, que são os heróis na linha de frente de combate ao covid", disse Nazif.

"Não podemos ficar parados, agora é hora de somar esforços. Nós sabemos o sofrimento que esse vírus está trazendo ao nosso estado, ao nosso país, são mais de 23 mil mortes. São pessoas, não são somente números, quando a gente para pra ver, são pessoas que estão falecendo, pessoas que conhecemos, pessoas da nossa cidade, elas têm um nome. A ação do governo do estado hoje, tem que ser de enfrentamento ao coronavírus. Número tem nome!", disse Mauro Nazif.

Fonte: Assessoria

Noticias relacionadas

Comentários

Veja também

Outras notícias + mais notícias