LENHA NA FOGUEIRA: CORONAVÍRUS

O vírus que surgiu na cidade chinesa de Wuhan e a velocidade com que o Sars-cov-2, como é chamado oficialmente o novo coronavírus, se espalhou pelo mundo impressionam.
Domingo, 12 de Abril de 2020 - 08:50

A toda hora e cada dia que passa, ficamos mais vulneráveis ao novo coronavírus.


O vírus que surgiu na cidade chinesa de Wuhan e a velocidade com que o Sars-cov-2, como é chamado oficialmente o novo coronavírus, se espalhou pelo mundo impressionam.


O que nos preocupa no momento, é a maneira como algumas autoridades, estão se aproveitando da situação, para se promoverem politicamente.


Parece até que a saúde da população não vale nada, o que importa é o ganho político/financeiro e em alguns casos o EGO!


Essas pessoas devem pensar: "Pra que deixar a população em quarentena, quando o que vale é garantir nosso ganho político/financeiro"


As discussões vão além das questões políticas/financeiras, em determinados casos, o negócio mesmo tem a ver com EGO dessas pessoas. "Eu posso isso, eu posso aquilo".


Tem hora que não sabemos quem é que está com a razão, o governo federal, o estadual ou o governo municipal.


Apesar do esforço de alguns setores da saúde, em priorizar a saúde das pessoas, a todo momento se deparam com a falta de compreensão de algumas autoridades.


O enfretamento mais do que aberto, entre o presidente da república e o ministro da saúde tem provocada a desobediência a recomendação de se permanecer em recolhimento social, ou como chamam, em quarentena.


Por aqui, digo em Porto Velho um político achou de postar um comentário que está deixando a população em pânico, mais do que já se encontra.


Por outro lado, o caso do taxista que morreu vítima do Covid + 19 não está bem esclarecido. Ninguém se preocupou em levantar aonde foi que faltou o cuidado que deveria ser dispensado no atendimento ao trabalhador, que acabou por perder a vida.


Sobre esse fato o advogado e cronista Arimar Souza de Sá postou o seguinte questionamento:


"Sobre a morte do taxista da rodoviária, Aparecido Rodrigues Lopes, de 66 anos, infectado por coronavírus, me parece no mínimo estranho que o médico que o atendeu, não tenha tomado os cuidados necessários e de alerta às autoridades sanitárias do Estado e do Município".


Apesar do comentário do respeitado colunista, até a presente data, nenhuma autoridade da saúde, municipal e estadual se pronunciou sobre o assunto.


Sabemos que o governo estadual está em total sintonia com o secretário de saúde e que pelo menos no que diz respeito a aquisição de equipamentos, em especial o chamado EPI e Kits para exames está tudo correndo bem.


Notamos que realmente está existindo um esforço muito positivo no sentido de atender dentro do possível os casos suspeitos de Covid +19.


Ainda está faltando muito. Não adianta nos vangloriarmos de que Rondônia é o estado que registra o menor índice de infectados pelo vírus.


Aliás, temos mesmo é que agradecer a Deus por isso, pois, até hoje, não vimos a preocupação dos nossos governantes, em disponibilizar além do CEMETRON, outras salas ou hospitais, equipados para receber, um número grande de pessoas infectadas pelo coronavírus.


Os estados que nos circundam como o Amazonas e Acre em especial o Amazonas já estão sofrendo com a falta de leitos e equipamentos especiais do tipo respirador e até salas de UTIs para atender seus infectados.


Como dissemos, graças a Deus o índice em Rondônia é pequeno e esperamos que assim permaneça.


Mesmo assim, não podemos nos debruçar na boa vontade do coronavírus.


Vamos pedir a Deus que ilumine a mente das autoridades brasileiras e que elas deixem a politicagem de lado e cuidem da saúde da nossa população.


Pedir a Deus para Rondônia permanecer como o estado com menos incidência de coronavírus.


Enquanto isso, é não esquecer de lavar as mãos com água e sabão, usar álcool em gel e se for sair, usar máscara.


FELIZ DOMINGO DE PÁSCOA!

Fonte - Zé Katraca - NewsRondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.