BENEFÍCIO: AUXÍLIO DE R$ 600 INCLUI NOVAS CATEGORIAS PARA RECEBIMENTO

Na última quarta-feira, dia 1º de abril, foi garantida ampliação do benefício com abrangência de 19 novas categorias de profissionais informais e intermitentes.
Sexta-Feira, 03 de Abril de 2020 - 14:35

O “coronavoucher” foi aprovado pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, recentemente. O benefício garante um auxílio de R$ 600 para famílias que vivem em situação de risco econômico agravado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Na última quarta-feira, dia 1º de abril, foi garantida ampliação do benefício com abrangência de 19 novas categorias de profissionais informais e intermitentes.

A votação que definiu a ampliação do benefício foi realizada junto a protestos que cobravam a sanção imediata do texto original do benefício, por parte do presidente Jair Bolsonaro.

Ampliação do auxílio emergencial

Com a ampliação do benefício, a medida recebeu dos senadores o nome de “pacotão social”. A aprovação foi de 100% entre os parlamentares, totalizando 79 votos. Agora, o texto aguarda análise da Câmara dos Deputados.

As mudanças feitas no texto da proposta, além de ampliar o alcance social, têm o objetivo de aprimorar a versão original do ‘coronavoucher‘.

Com as alterações, passa a abranger empregados, autônomos, desempregados e trabalhadores intermitentes. Vale salientar que os intermitentes são aqueles que possuem renda mensal menor que um salário mínimo.

Famílias monoparentais, que são homens e/ou mulheres que sustentam e cuidam de seus dependentes sozinhos, o valor do voucher será de R$ 1.200.

Quanto ao Bolsa Família, os beneficiários não serão excluídos. Em tais casos, cada grupo familiar poderá garantir o recebimento de até duas cotas de auxílio emergencial ou de uma cota de auxílio emergencial e de um benefício do Bolsa Família.

Pessoas que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC) também poderão receber a ajuda do ‘pacotão social’.

Confira todas as categorias que vão receber o auxílio emergencial de R$ 600

- Pescadores profissionais artesanais e os aquicultores;

- Técnicos agrícolas;

- Catadores e catadoras de materiais recicláveis;

- Taxistas e mototaxistas;

- Motoristas de aplicativo;

- Motoristas de transporte escolar;

- Caminhoneiros;

- Entregadores de aplicativo;

- Diaristas;

- Agentes de turismo e os guias de turismo;

- Trabalhadores das artes e da cultura – autores e artistas, incluindo intérpretes e executantes, técnicos em espetáculos e outros;

- Mineiros;

- Garimpeiros;

- Ministros de culto, missionários, teólogos e profissionais assemelhados;

- Profissionais autônomos da educação física e trabalhadores do esporte – atletas, paratletas, técnicos, preparadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, árbitros e auxiliares de arbitragem, de qualquer modalidade, incluindo aqueles trabalhadores envolvidos na realização das competições;

- Feirantes e barraqueiros de praia;

- Ambulantes, camelôs, garçons, marisqueiros e catadores de caranguejos;

- Manicures e pedicures;

- Sócios de pessoas jurídicas inativas, dispensada a apresentação da Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (DEFIS).

Fonte - BLENDER BARBOSA / Edital Concursos Brasil

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.