SECRETÁRIO DIZ QUE REUNIÃO VAI DECIDIR FUTURO HOSPITAL DE CAMPANHA COM 200 LEITOS EM RONDÔNIA

Máximo disse que uma equipe já está analisando o local apropriado para a construção temporária da unidade que deve receber 200 novos leitos.
Terça-Feira, 31 de Março de 2020 - 18:43

Por Wanglézio Braga
Da Redação do News Rondônia

Em pronunciamento nas redes sociais, hoje (31) pela tarde, o Secretário de Saúde (SESAU), Fernando Máximo, informou como anda o projeto de construção de um hospital campanha em Porto Velho para reforçar no atendimento as vítimas de Covid-19. Segundo ele, uma reunião já foi agendada com os órgãos de fiscalização como o Ministério Público do Estado (MP-RO) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO) e o Governo do Estado.

Máximo disse que uma equipe já está analisando o local apropriado para a construção temporária da unidade que deve receber 200 novos leitos. “Nossa reunião é feito às claras, com a participação dos órgãos de controle, pois queremos as coisas de forma correta. Queremos construir 200 leitos, uma construção muito rápida que uma equipe de fora vem para construir aqui. Estamos nos precavendo, mais graças a Deus não temos casos graves no estado de Rondônia, mas a gente tem que estar preparado! Esperamos e pedimos a Deus que não precisemos usar esses leitos. Caso precisemos, eles estão à disposição da população”, disse ele em transmissão feita no Aeroporto Governador Jorge Teixeira, em Porto Velho, ao receber 16 mil máscaras faciais.

O Secretário fez um balanço da quantidade de leitos disponíveis na capital e interior do estado. “Nós tínhamos sete leitos prontos na UTI do CEMETRON, são sete leitos específicos para Covid. Hoje temos mais 12 leitos, ou seja, já são 19 leitos montados de padrão ‘top’, com ventiladores mecânicos. Além disso, no Hospital Cosme e Damião temos mais seis leitos montados, estamos montando mais 18 enfermarias no Cosme e Damião, para atender crianças ou adultos. No Hospital Regional de Cacoal temos 17 leitos UTI e outros que estão terminando de serem montados, mais outro no Heuro de Cacoal”, avaliou.

Já o governador, Marcos Rocha (PSL), afirmou que “nenhum país do mundo estava preparado para receber uma epidemia. A minha intenção nos quinze dias de isolamento, pudéssemos ter tempo de montar a estrutura necessária”.

Atualmente, segundo Fernando Máximo, Rondônia possui oito casos confirmados para Covid-19, com uma pessoa morta pela doença. “Graças a Deus, não existe nenhum caso grave em nosso estado e esperamos que seja assim”, concluiu. 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.