OS ATAQUES A MARCOS ROGÉRIO: 'PAU QUE BATE EM CHICO DEVE BATER EM FRANCISCO!'

Dá impressão que só temos um senador da República por Rondônia. E os outros dois, não são vigiados pela mesma mídia?
Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019 - 18:05

Tenho assistido, por parte de alguns sites, uma cadeia arguida de ataques ao senador Marcos Rogério (DEM). Em se tratando de democracia a cobrança de um agente público é válida e necessária, porém, “jogar água quente em areia" é o que estão fazendo com o senador rondoniense.


Marcos Rogério em campanha para o Senado em 23 de setembro de 2018.

Não votei em Marcos Rogério. Meus votos para o senado não revelarei, pois não interessa aos leitores desse conceituado veículo de comunicação que atuo diariamente. Agora, não posso deixar de comentar (argumentar) os excessos de críticas. Dá impressão que só temos um senador da República por Rondônia. E os outros dois, não são vigiados pela mesma mídia?


Marcos Rogério no editorial de O Globo em 14 de maio de 2016 na leitura do relatório de afastamento e cassação de Eduardo Cunha, então presidente da Câmara dos Deputados.

Analisando 01.

Marcos Rogério saiu do “nada" politicamente e chegou a Brasília marcando presença desde 2011. Enquanto os deputados federais da legislatura (2014-2018) parte não se elegeu e outros três conseguiram entrar no “voto a voto", Marcos Rogério se tornou senador com 320 mil votos, 90 mil a mais do então governador Confúcio Moura.

Analisando 02.

Marcos Rogério está em tangencial ascensão a se tornar o líder do governo Jair Bolsonaro no Senado, após a renúncia da liderança pelo senador Fernando Bezerra Coelho. Isso incomoda! Se confirmada for a escolha por parte do presidente, Marcos Rogério será o primeiro rondoniense da história a ser ungido com importante posto político de articulação no Congresso Nacional.

Analisando 03.

Marcos Rogério foi o relator em 2016 do processo que afastou e cassou Eduardo Cunha do cargo de deputado federal. Ficou conhecido em todos os Brasis, estampando todos os jornais, sites e portais por três meses. Com maestria e prudência, o então deputado federal Marcos Rogério conduziu os trabalhos que resultaram também na prisão de Cunha na Lava Jato.

Analisando 04.

Marcos Rogério tem sido extremamente importante na conversação com o presidente sobre os rumos de novos servidores a serem transpostos para o quadro da União Federal. Sua ligação e amizade com Jair Bolsonaro desde 2011, quando se tornou deputado federal está sendo importante para Rondônia em suas agendas econômica, política e de infraestrutura. Isso não conta?

Analisando 05.

Marcos Rogério pertence hoje ao DEM (democratas), principal partido dos bastidores política de Brasília que tem os presidentes das duas Casas do Legislativo no comando. A Câmara dos Deputados e o Senado da República tem como protagonistas o democratas. Rondônia também ganha com esse cenário político, só assistido com Valdir Raupp que caiu em desgraça política.

Esperamos sucesso ao nobre senador!

 

A seguir vídeo do então deputado federal Marcos Rogério anunciando a decisão do DEM (democratas) pelo processo de impeachment de Dilma Rousseff que foi afastada em 11 de maio de 2016.

Fonte - Victoria Bacon - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.