SEGURO DPVAT: RONDÔNIA É O 4° ESTADO QUE MAIS INDENIZA POR MORTE NO TRÂNSITO

Segundo o documento, o país atingiu em 2018 a quantidade de 18 indenizações pagas por morte, pelo Seguro DPVAT, a cada 100 mil habitantes.
Segunda-Feira, 23 de Setembro de 2019 - 16:09

Por Wanglézio Braga
Da redação do News Rondônia

O país está comemorando a “Semana Nacional de Trânsito”. Até a próxima quarta-feira (25) diversas atividades estão sendo realizadas para lembrar-se da importância de mobilização para a conscientização de um trânsito mais seguro. E na semana passada, a Seguradora Líder publicou um levantamento especial onde apontou que apesar da diminuição nos números de acidentes, a situação no Brasil ainda é preocupante.

Segundo o documento, o país atingiu em 2018 a quantidade de 18 indenizações pagas por morte, pelo Seguro DPVAT, a cada 100 mil habitantes. Como comparação, a taxa de mortalidade por crimes violentos, como homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, foi de 24,75.

As estatísticas indicam, portanto, que o trânsito ainda deixa milhares de vítimas fatais no país: nos últimos dez anos, foram pagas mais de 485 mil indenizações do seguro obrigatório por este tipo de ocorrência, sendo as motocicletas as principais responsáveis. De 2009 para 2018, o veículo foi o único a apresentar aumento de sinistros pagos por morte, saltando de 16.974 para 18.955 benefícios.

Quando se extrai os números locais, Rondônia aparece entre os estados que registraram as maiores taxas de mortalidade no trânsito e consecutivamente no ranking das unidades da federação que mais pagou por indenizações, por 100 mil habitantes. A lista é composta por: Tocantins (38), Piauí (34), Mato Grosso (33) e Rondônia (29). Na prática, o estado rondoniense abriu 505 processos. 

Em 2009, o Estado de Rondônia pagou indicador de 34 indenizações e ocupava a sétima colocação com 505. Mas, fazendo um comparativo de nove anos, entre 2009 a 2018, o estado teve variação de 0%, ou seja, estagnou no número de processos indenizações pagas. No acumulado de dez anos, foram pagas 5.770 indenizações.

Acidentes envolvendo motocicletas foram maiores em 2018: 313 casos, em 2009 o número chegou a 256. Já com automóveis o número diminuiu: 158 (2009) por 140 (2018). O mesmo ocorreu com caminhões (43 em 2018) e ônibus (4 em 2018).

O superintendente de Operações da Seguradora Líder, Arthur Froes, explica que os números do Seguro DPVAT reforçam a importância de mobilizações como a Semana Nacional do Trânsito para mudar a realidade da violência nas ruas e estradas brasileiras.

"Apesar da redução nas estatísticas de indenizações pagas por morte pelo Seguro DPVAT nos últimos dez anos, este documento mostra a grave realidade do trânsito brasileiro, que é reforçada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dados de 2018 da instituição mostram que o Brasil é o quinto país com mais vítimas fatais durante o tráfego de veículo. Além disso, a cada 24 segundos, uma pessoa morre no trânsito. Desta forma, torna-se fundamental o constante investimento em prevenção, educação e conscientização da população sobre a importância de um trânsito seguro", esclarece.

 

 

 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.