HACKERS INVADEM WHATSAPP E TELEGRAM DE DEPUTADO E CASO VAI PARAR NA DELEGACIA

Em seu perfil no Facebook, o parlamentar relatou pediu que os seus seguidores desconsiderassem qualquer mensagem que pedisse ajuda financeira em seu nome.
Quarta-Feira, 04 de Setembro de 2019 - 16:51

Por Wanglézio Braga
da redação do News Rondônia

O deputado Anderson do Singeperon, pelo PROS, compareceu hoje (04) na delegacia de crimes contra o patrimônio para prestar uma queixa. Ele diz que foi vítima de um crime virtual praticado via aplicativo de mensagem de texto “WhatsApp” e o “Telegram” na última segunda-feira (02). Em seu perfil no Facebook, o parlamentar relatou pediu que os seus seguidores desconsiderassem qualquer mensagem que pedisse ajuda financeira em seu nome. Pelo menos cinco deputados também tiveram as contas invadidas.

“Venho comunicar que o telefone 99329-5777 e meu Telegram foram hackeados e tem criminosos usando ele, se passando por mim, usando minha foto e meu nome, eles estão pedindo transferências bancárias de R$ 3 mil, R$ 4 mil. Não atenda esse tipo de pedido! Já fui na delegacia registrei um boletim e agora vou comunicar ao WhatsApp sobre o que tá acontecendo, para que eles possam bloquear”, disse o deputado.

Mais tarde, o deputado da Assembleia Legislativa de Rondônia disse que os criminosos continuam agindo. “São inúmeros os comunicados que o parlamentar vem recebendo de tentativas de golpes, que pessoas do meu ciclo de amizades vem sofrendo. Peço a todos que fiquem atentos e caso receberem mensagens de falsa ajuda, pedindo transferência bancária ou depósito, acione a polícia, pois se trata de uma ação criminosa", disse Anderson.

O parlamentar não informou se alguém da sua lista de contatos efetuou o pagamento. Segundo ele, os invasores solicitaram dinheiro por meio de transferência nas seguintes contas: Agência 4534-9; Conta 23658-6, em nome de Jucilei T. Carvalho. Banco do Brasil C/C. João V V Martins, Agência 2953-X; Conta 54553-8, Banco do Brasil 001. Italo Matheus Lima Silva, Banco Neon Votorantin 655, Agência 0655, Conta 1904403-8.

NOTA DA ALE-RO

A Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia vem a público informar que as linhas celulares funcionais de alguns deputados estaduais foram clonadas por criminosos que estão utilizando o aplicativo WhattsApp e as redes sociais para pedir empréstimos através de transferências e depósitos bancários. A ação dos golpistas também atingiu servidores dos gabinetes que também utilizam linhas cedidas pela Casa da operadora OI.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.