TRANSEXUAL É ACUSADA DE FACILITAR PROSTITUIÇÃO DE ADOLESCENTE EM SUA BOATE

A menina já prestava serviços na boate da transexual pela segunda vez, mas ela afirmou não saber que se tratava de uma menor de idade
Segunda-Feira, 02 de Setembro de 2019 - 17:02

Mato Grosso - Uma mulher transexual de 36 anos foi presa nesse sábado (31) acusada de permitir a prostituição de uma adolescente de 17 anos em sua boate, no Bairro Planalto, em Jaciara (145 km de Cuiabá). A menor foi apreendida.

Imagem Ilustrativa

O caso foi descoberto durante uma fiscalização da Operação Tempus, da Polícia Militar, que tem feito rondas e abordagens em bares.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta das 22h30 a Polícia Militar chegou à conhecida casa de prostituição que fica nos fundos de um cemitério e encontrou a adolescente que, ao ser questionada, disse que estava no local para se prostituir.

A menina contou aos militares que esse era seu meio de trabalho e já era a segunda vez que ela era recebida na casa para prestar esse tipo de serviço.

Procurada, a dona casa, uma transexual, confirmou ser a segunda vez que aceitou a presença da menina, mas afirmou que não sabia que ela era menor de 18 anos, já que ela não apresentava documentos.

Ainda assim, a dona da boate acabou presa acusada de “favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de menor de dezoito e maior de catorze anos” e a adolescente apreendida por estar se prostituindo.

As duas foram encaminhadas para a delegacia e o Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o registro da ocorrência.

Fonte - 015 - Olivre

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.