News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020

Livre

POLÍTICA & MURUPI: EFEITO CASCATA REAL NO MUNDO VIRTUAL

Punir com a mesma pena, prisão de 2 a 8 anos o cidadão comum que compartilha um post em um grupo é ato exagerado e arbitrário.
Quinta-Feira, 29 de Agosto de 2019 - 20:18

“Agora faz sentido o aviso categórico de Paulo Okamoto a petistas, em intrigante visita a Brasília, sexta (23): ‘Lula será solto em dois meses’.”Jornalista Claudio Humberto

O texto é do ex-procurador da República na Lava-Jato, Carlos Fernando dos Santos que abre o verbo e denuncia um acordão de Bolsonaro para proteger o seu filho Flávio e do STF para enterrar a Lava Jato. Destaquei uma parte: “Intimidam juízes e procuradores com sanções em conselhos que estão ordens de senadores envolvidos em irregularidades; Criam crimes que vão obrigar juízes e procuradores a se defenderem se fizerem sua obrigação; Mudam leis num pacote anti-lava jato, com o objetivo de que investigações dessa natureza nunca mais aconteçam” e segue nesta linha. Vale a pena ler e refletir. O futuro dirá se ele está certo. O texto ipsis litteris aqui.

Carlos Fernando dos Santos firmou a convicção do que escreveu hoje quando saíram os vazamentos de conversas na imprensa. No dia 17 de junho ele disse: “É um ataque covarde e criminoso, perpetrado por uma organização criminosa que, valendo-se de um jornalista ideologicamente comprometido e leniente, pois até agora não explicou como isso tudo veio parar em suas mãos, nem como procurou aferir a veracidade, autenticidade e integralidade das conversas, consegue criar esse falso drama com conversas pinçadas segundo o objetivo claro de libertar Lula.” Contudo os atos e fatos apontavam para o caminho de alguma inovação que acabou ocorrendo no STF. E aí...

3-Porteira aberta

Não chega a ser um estudo preciso mas fazendo uma conta de padaria, se a novidade inventada ontem pelo STF for mantida pelo plenário da corte, 32 sentenças podem ser anuladas com implicações diretas em 143 réus condenados.

Será uma operação bem mais exitosa que o indulto de natal do Temer. Se der certo, até aquela “alma honesta” pode ganhar a sarjeta como premio. Apenas para deixar claro, desde o início da Lava Jato, a Justiça dava prazo igual para réus delatados ou delatores, como prevê o Código de Processo Penal. A novidade é um estranhíssimo ponto fora da curva.

4-Efeito cascata real no mundo virtual

“Contra fakenews, todos temos que ser. Mas, a punição tem que ir para os políticos e partidos que criam essas manipulações. Punir com a mesma pena, prisão de 2 a 8 anos o cidadão comum que compartilha um post em um grupo é ato exagerado e arbitrário.”

Quem chiou mais que saci em chapa de fogão de lenha foi o Daniel Coelho, líder do Cidadania na Câmara, ao tuitar sobre a decisão do Congresso que derrubou o veto presidencial e criminalizou a disseminação das chamadas fake news eleitorais, ou se preferem, denúncias caluniosas contra candidatos em eleições. Tómalê. Pega leso.

5-Tem morto recebendo bolsa família

São dados da auditoria do TCU: o Tesouro Nacional foi roubado de forma sistemática e de há muito via pagamentos ilegais – ou se preferem – roubo mesmo,mão grande em aposentadorias, Bolsa Família, seguros desemprego ou benefícios do tipo. Tudo fraudado. Um milhão de brasileiros recebem benefícios do INSS acima do teto, sócios de empresas e pessoas com renda superior à permitida recebem o bolsa família e até seguro desemprego está sendo pago a mortos.

São 660 mil benefícios suspeitos com número de registro inválido ou ausente e pagamentos acima do teto. Isso deve ser coisa do Moro, Deltan ou Bolsonaro. Da “izquierda”não pode ser. Quem preso, tá preso e não faz. E se tá solto é só limpeza...

leoladeia@hotmail.com

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.