News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020

Livre

POLÍTICA & MURUPI: PORTEIRA ABERTA

Com a decisão do STF o processo voltará à primeira instância da Justiça Federal de Curitiba para nova manifestação da defesa e a seguir, outra sentença.
Quarta-Feira, 28 de Agosto de 2019 - 17:41

“Dá para desconfiar que tem uma agenda escondida quando você vê 300 ONGs na Amazônia e zero no Nordeste. Por que 55 milhões de nordestinos não merecem uma ONG, e os 25 milhões que moram na Amazônia merecem 300?”.– Luís Fernando Serra, embaixador do Brasil na França.

1-Porteira aberta

A segunda turma do STF por 3 votos a 1 anulou a sentença do ex-juiz Sérgio Moro e segundo a força tarefa da Lava Jato, abre-se precedente para derrubar "praticamente todas" as condenações proferidas na investigação, e a libertação de vários presos.

Com a decisão do STF o processo voltará à primeira instância da Justiça Federal de Curitiba para nova manifestação da defesa e a seguir, outra sentença. Na sentença, delatores e delatados tiveram o mesmo prazo para apresentarem defesa mas o STF seguiu um caminho não previsto em lei dizendo que interrogatório e alegações finais do delatado devem ser feitos ao final do processo, depois dos delatores. Inovaram e...

2-Segurando a boiada

Para salvar o prejuízo, a PGR pode deixar o caso Bendine passar e segurar o estouro no brete pois é difícil reverter a decisão do STF.

A saída seria a modulação dos efeitos ou seja, os ministros determinarem que a inovação da Segunda Turma – os  delatados devem se manifestar no processo sempre após os delatores – seja aplicada a partir de agora, sem anular casos anteriores. No caso Bendine a defesa pediu os prazos antes da primeira sentença, bem diferentes de outros casos inclusive o da “alma honesta”.

3-Alto nível entre Brasil e França

Segue firme o bate boca entre o francês Macron o brasileiro Bolsonaro. Macron subiu o tom e tentou colocar o presidente Bolsonaro em uma sinuca de bico chamando-o de mentiroso. Mas grosso que papel de enrolar prego, Bolsonaro mostrou que a foto que o francês mostrou falando que era incêndio na Amazônia era do tempo que se vendia cuscuz a metro e se amarrava cachorro com linguiça.

Aí postaram a foto dos dois casais e um bolsonarista mostrou a diferença entre as duas esposas. Bolsonaro riu (já apagou o kkk) e o que estava ruim azedou de vez. Zé de Nana viu a foto e como é do time do capitão disse que a foto era do trailer do filme “Como treinar o seu dragão”.

4-Bacamarte carregado até a boca

Bolsonaro saiu cuspindo chumbo pra todo lado pegando de Rede Globo até o INPE sem esquecer Moro, o pessoal da PF, da Receita, do COAF, mirou nas ONGS e nos governadores da Região Norte, calibrou a mira sem tirar o dedo detonou Macron. Fez um giro de 180 graus, detonou as demarcações de áreas indígenas e dos quilombolas. Tendo razão em alguma parte das vezes e mesmo sem razão noutras, segue firme e belicoso e é muito difícil acompanhar a sua cadência. É o Urtigão na área. Talquei?

O presidente poderia ter resolvido a questão no início do governo quando tinha tinta na caneta, mas agora a festa acabou, o Ibope, caiu, e agora? “Estou entre a cruz e a espada. Se eu vetar tudo, crio um problema com parte do Congresso e obviamente a população vai aplaudir. Se eu não vetar nada, crio um problema com a população”, teria dito o presidente pelo relato da deputada Joyce Hasselmann. “Sabemos que ele vetará alguns pontos. Tudo é uma costura política, a gente tem que fazer essa conta porque o governo ainda tem no mínimo três anos e meio pela frente. Temos outros projetos para aprovar. Essa matemática política é o que a gente está fazendo agora.”

leoladeia@hotmail.com

 

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.