News Rondônia Notícias de Rondônia, Brasil e o Mundo
Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020

Livre

POLÍTICA & MURUPI: PRESERVAR MANTENDO A SOBERANIA

Com o fim da guerra fria e desmonte da URSS, a Rússia pediu e recebeu ajuda dos EUA para manter seu arsenal atômico e isso descia a seco.
Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019 - 20:05

“Bolsonaro não inventou as queimadas. Existe uma estação anual do fogo, mas ele sabotou muitas formas de combatê-la”.– Fernando Gabeira

1-O rato que ruge

Luxemburgo é um micro país da Europa com área igual a do município de Parecis e população igual à de Porto Velho.

A economia gira em torno de seguradoras, bancos e cofres. Membro da UE, detonou o Brasil e o acordo com o Mercosul: “Luxemburgo não poderá respaldar a assinatura do acordo se o Brasil não se preparar para respeitar a partir de agora suas obrigações sobre o Acordo de Paris que estão nas negociações com a UE.” Se o Brasil der mole, pode perder a Amazônia e ainda apanhar de anão...

Quando o presidente Bolsonaro falou – e com razão – sobre possível abuso de fiscais do Ibama em Rondônia queimando máquinas ou quando desautorizou o INPE e trocou o comando, ou quando e por diversas vezes, fez o discurso do possível, mas pouco provável, convívio de desenvolvimento do agronegócio com a preservação ambiental, ou quando irritou os financiadores do Fundo Amazônia, ele só não acendeu a fogueira mas deixou um sinal de que o tratamento aos piratas da floresta seria diferente. Era o que faltava. A questão não é só a queimada de hoje é o que pode vir a partir de agora.

3-Preservar mantendo a soberania

Com o fim da guerra fria e desmonte da URSS, a Rússia pediu e recebeu ajuda dos EUA para manter seu arsenal atômico e isso descia a seco. Por anos falamos: “se o mundo quera Amazônia de pé deveria pagar por isso”. Esta crise revela um dado não novo: o mundo precisa e tem que ajudar com técnica e dinheiro a preservar todas as florestas do mundo.

A geopolítica mudou e nos obriga a termos um olhar diferente para diferentes cenários para que a civilização como nós a conhecemos continue a existir. Nenhum país é uma ilha e todos nós vivemos neste mesmo micro-planeta.

A “tchurma do deixa assim que tá bom” está acoitada no senado por onde a reforma da previdência vai passar armados com flechas e tacapes. É a “tribo dos Pelegos” com a cara untada com óleo de peroba querendo morder qualquer naco sem trabalho. Dias atrás um Pelegão comentou durante audiência na Comissão de Direitos Humanos: “A Câmara topou esse jogo, mas o Senado não precisa topar”. O senador Paim que organiza tais audiências não deixou passar batido: “não tem um senador que conheça, de fato, a reforma da Previdência”. A República Sindical agoniza, mas não morre

5-Vem aí a reforma previdência fase II: pau puro

O relator da reforma da Previdência no Senado, Tasso Jeireissati prevê que o parecer sobre o tema deve ser apresentado à CCJ nesta quinta feira dia 29 de agosto. Como há o regimento da Casa exige um intervalo entre a apresentação e a leitura do parecer o mais provável é que parecer seja dado a conhecer na próxima semana. Pavio curto, se é que tem pavio, Tasso vai ter de tomar suco de maracujá para aguentar o tranco e ouvir muita abobrinha sem perder a esportiva. Mas vai ser pau puro, não é Paim?

leoladeia@hotmail.com

Fonte - Leo Ladeia/NewsRondônia

Comentarios

News Polícia

Editoria de Cultura

Editoria Geral

Siga-nos:

POLÍTICA PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondônia - 2020.